A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/11/2014 06:00

Comandante da Guarda Municipal passa corretivo na tropa

Edivaldo Bitencourt

Choque de gestão - Assessorado pelo Movimento Brasil Competitivo, o governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB), prepara conjunto de ações que, se colocada em pratica, sacode com a administração pública estadual. A ideia é enxugar e dar eficiência a máquina gestora.

Mão empresarial - Conforme antecipou ontem, com exclusividade, o Campo Grande News, Reinaldo vai reduzir secretarias, diminuir custos, estabelecer metas, cobras resultados e governar com planejamento. O movimento que o assessora vai ficar no Estado pelo menos até 120 dias depois de sua posse.

Vizinho rico - Azambuja passa o dia em São Paulo. Na agenda conversa com o presidente do PSDB paulista, Duarte Nogueira, com o governador Geraldo Alckmin e com o Movimento Brasil Competitivo. Reinaldo quer extrair dos paulistas parcerias que atendam os interesses de Mato Grosso do Sul.

Amistosa – A equipe de transição tem elogiado o repasse de dados pela atual administração estadual. Segundo um dos coordenadores, Carlos Alberto Assis, o grupo tem repassado todas as informações solicitadas. “É uma transição tranqüila e amistosa”, destacou.

Reajuste – O Conselho de Regulação discute, na próxima terça-feira (25), o reajuste na tarifa de água e esgoto de Campo Grande. O objetivo é definir o percentual que vai corrigir os valores a partir de janeiro de 2015. A Águas Guariroba espera, pelo menos, a reposição da inflação.

Reajuste 2 – A conta de energia elétrica, que sobe em abril de 2015, é o que mais tira o sono da equipe da Águas. Técnicos e gestores temem que a conta de luz fique muito salgada em decorrência da longa estiagem que castiga o sudeste. Estima-se que o aumento em MS pode chegar a 35%.

Assessor – Como não consegue tirar o ex-prefeito Alcides Bernal do comando regional do PP, Olarte decidiu nomear o professor Cezar Afonso, seu braço direito na administração, para o cargo de assessor na Secretaria Municipal de Administração. Ele também não deverá voltar ao comando da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Reforma – Olarte mantém as negociações para dar continuidade a reforma do secretariado. No entanto, a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública ainda vai demorar. Os vereadores só vão analisar o projeto na próxima semana.

Briga – A prisão de um policial militar pela Guarda Municipal continua repercutindo entre as duas categorias. Policiais militares decidiram reagir e passar o pente fino em todas as viaturas dos guardas municipais em busca de arma de fogo. Por lei, os agentes só poderão andar armados a partir de março e ainda assim apenas 200.

Péssimo – A detenção por porte ilegal teve repercussão tão ruim que irritou até o comandante da Guarda Municipal, Felipe Azambuja. Ele chamou os comandados e deu um “corretivo”. A revolta é porque os guardas vão precisar dos policiais militares para serem capacitados até obter o porte de arma.

(colaboraram Ludyney Moura e Kleber Clajus)

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


Caro Thiago, para que você possa rever seu conceito segue a definição de Abordagem . ‘’ É a ação através da qual o POLICIAL por contato físico ( busca pessoal, imobilização, etc.) ou verbal interpela pessoas que se encontrem em atitude suspeita ou uma possível conduta ilícita que tenha praticado ou esteja na eminência de praticar. Para tanto, é importante a figura da FUNDADA SUSPEITA, que se presume em razão das características, modo de agir, local, horário, etc., de determinada pessoa, tornando-a suspeita.’’
Procure dar uma pesquisada também nos atributos do Poder de Polícia que são a discricionariedade , a auto-executoriedade e a coercibilidade. Enfim, POLÍCIA É POLÍCIA e guarda é guarda.
 
Renato em 21/11/2014 10:31:49
A guarda municipal agiu correto, pois muitas pessoas que passavam pelo local estavam dizendo que aquelas pessoas estavam usando drogas, e ficaram assustadas, maçã podre tem em toda categoria, o que a sociedade de bem tem que fazer é eliminar essas maçãs podres ainda mais da segurança pública de MS.
 
Thiago em 21/11/2014 07:57:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions