A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/11/2014 06:00

Comandante da Guarda Municipal passa corretivo na tropa

Edivaldo Bitencourt

Choque de gestão - Assessorado pelo Movimento Brasil Competitivo, o governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB), prepara conjunto de ações que, se colocada em pratica, sacode com a administração pública estadual. A ideia é enxugar e dar eficiência a máquina gestora.

Mão empresarial - Conforme antecipou ontem, com exclusividade, o Campo Grande News, Reinaldo vai reduzir secretarias, diminuir custos, estabelecer metas, cobras resultados e governar com planejamento. O movimento que o assessora vai ficar no Estado pelo menos até 120 dias depois de sua posse.

Vizinho rico - Azambuja passa o dia em São Paulo. Na agenda conversa com o presidente do PSDB paulista, Duarte Nogueira, com o governador Geraldo Alckmin e com o Movimento Brasil Competitivo. Reinaldo quer extrair dos paulistas parcerias que atendam os interesses de Mato Grosso do Sul.

Amistosa – A equipe de transição tem elogiado o repasse de dados pela atual administração estadual. Segundo um dos coordenadores, Carlos Alberto Assis, o grupo tem repassado todas as informações solicitadas. “É uma transição tranqüila e amistosa”, destacou.

Reajuste – O Conselho de Regulação discute, na próxima terça-feira (25), o reajuste na tarifa de água e esgoto de Campo Grande. O objetivo é definir o percentual que vai corrigir os valores a partir de janeiro de 2015. A Águas Guariroba espera, pelo menos, a reposição da inflação.

Reajuste 2 – A conta de energia elétrica, que sobe em abril de 2015, é o que mais tira o sono da equipe da Águas. Técnicos e gestores temem que a conta de luz fique muito salgada em decorrência da longa estiagem que castiga o sudeste. Estima-se que o aumento em MS pode chegar a 35%.

Assessor – Como não consegue tirar o ex-prefeito Alcides Bernal do comando regional do PP, Olarte decidiu nomear o professor Cezar Afonso, seu braço direito na administração, para o cargo de assessor na Secretaria Municipal de Administração. Ele também não deverá voltar ao comando da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Reforma – Olarte mantém as negociações para dar continuidade a reforma do secretariado. No entanto, a criação da Secretaria Municipal de Segurança Pública ainda vai demorar. Os vereadores só vão analisar o projeto na próxima semana.

Briga – A prisão de um policial militar pela Guarda Municipal continua repercutindo entre as duas categorias. Policiais militares decidiram reagir e passar o pente fino em todas as viaturas dos guardas municipais em busca de arma de fogo. Por lei, os agentes só poderão andar armados a partir de março e ainda assim apenas 200.

Péssimo – A detenção por porte ilegal teve repercussão tão ruim que irritou até o comandante da Guarda Municipal, Felipe Azambuja. Ele chamou os comandados e deu um “corretivo”. A revolta é porque os guardas vão precisar dos policiais militares para serem capacitados até obter o porte de arma.

(colaboraram Ludyney Moura e Kleber Clajus)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



Caro Thiago, para que você possa rever seu conceito segue a definição de Abordagem . ‘’ É a ação através da qual o POLICIAL por contato físico ( busca pessoal, imobilização, etc.) ou verbal interpela pessoas que se encontrem em atitude suspeita ou uma possível conduta ilícita que tenha praticado ou esteja na eminência de praticar. Para tanto, é importante a figura da FUNDADA SUSPEITA, que se presume em razão das características, modo de agir, local, horário, etc., de determinada pessoa, tornando-a suspeita.’’
Procure dar uma pesquisada também nos atributos do Poder de Polícia que são a discricionariedade , a auto-executoriedade e a coercibilidade. Enfim, POLÍCIA É POLÍCIA e guarda é guarda.
 
Renato em 21/11/2014 10:31:49
A guarda municipal agiu correto, pois muitas pessoas que passavam pelo local estavam dizendo que aquelas pessoas estavam usando drogas, e ficaram assustadas, maçã podre tem em toda categoria, o que a sociedade de bem tem que fazer é eliminar essas maçãs podres ainda mais da segurança pública de MS.
 
Thiago em 21/11/2014 07:57:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions