ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Jogo Aberto

Concurso para a PM será em novembro, prevê governo

Por Anahi Zurutuza e Gabriela Couto | 20/07/2022 06:00
Secretária de Estado de Administração, Ana Carolina Nardes, em entrevista (Foto: Thiago Mendes/Arquivo)
Secretária de Estado de Administração, Ana Carolina Nardes, em entrevista (Foto: Thiago Mendes/Arquivo)

Previsão – As provas do concurso com 520 vagas para a PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) estão previstas para acontecer em novembro. A informação é da secretária estadual de Administração, Carolina Araujo Nardes, que deu entrevista ao professor Deodato Neto em canal para concurseiros, com 25,8 mil inscritos, no Youtube. “Por enquanto, o concurso foi somente autorizado. Nós não temos nem ainda a comissão do concurso formada. Mas, nós estamos aí com uma expectativa de começar a contratação da banca agora para realizar as provas em novembro”, explicou a secretária.

Limite de idade – O edital deve limitar a idade dos candidatos em 30 anos, decepção para quem esperava o aumento do limite pelo fato do concurso passar a exigir nível superior para alguns cargos. “Nós não vamos mudar o limite de idade, permanece em 30 anos, até porque o militar vai pra reserva com 65 anos, obrigatoriamente”, esclareceu.

Spoilers - Ainda dentre os spoilers (termo em inglês para “estragar uma surpresa”), dados pela secretária, está ainda o das matérias que serão cobradas. Ela deixou claro que a banca contratada é que montará a prova, mas acredita que não deva haver cobrança de redação ou dissertação. Ela adiantou ainda que informática deve ter peso importante, porque militares terão de estar preparados para lidar com o aparato tecnológico comprado pelo governo para aparelhar a segurança pública. “O Estado vem passando por uma transformação digital importante, então é uma matéria que será cobrada”.

Vagas - O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), assinou no dia 1º de julho a autorização para abertura de concursos públicos com 909 vagas nas secretarias de Segurança Pública, Fazenda e de Agricultura e Produção. Os editais com as datas e regras ainda vão ser publicados em Diário Oficial. Além das vagas para a PM, naquele dia, a administração estadual adiantou que pretendia contratar também mais 260 profissionais para o Corpo de Bombeiros.

Boataria – Quem passou a terça-feira (19) desmentindo boato foi a vereadora de Dourados e pré-candidata a deputada estadual, Lia Nogueira (PSDB). Apesar de não circular uma foto sequer, políticos e fontes ligadas aos bastidores da polícia no cone sul veicularam informação de que a parlamentar havia recebido “visita” do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) por ser investigada em esquema de “rachadinha”. O Gaeco negou que tivesse cumprido qualquer mandado de busca e apreensão ontem em Campo Grande ou no interior e a vereadora que tivesse sido alvo. “Não vieram, mas podem vir”, disparou Lia em entrevista ao Campo Grande News.

De fora – O advogado Bento Duailibi, sócio na empresa BCD - Bastos, Claro & Duailibi, ficou de fora da lista sêxtupla para o preenchimento da vaga de desembargador destinada à advocacia do TRT 24 (Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região). Apesar da vasta experiência e influência na OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Mato Grosso do Sul), ele recebeu apenas seis votos e foi retirado da lista.

Escolhidos – Dos 21 candidatos que participaram do pleito foram selecionados para a lista sêxtupla para vaga pelo Quinto Constitucional os seguintes advogados (as): Hassan Hajj, César Palumbo Fernandes, Kátia Paiva, Regina Iara Ayub Bezerra, Diego Granzotto e Osvaldo Nunes Ribeiro. A lista será encaminhada ao TRT24 para a escolha de três nomes, e então cabe ao Presidente da República escolher o novo Desembargador da Corte.

Observação eleitoral - O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) recebeu o credenciamento de oito entidades aptas a participar das Eleições 2022 com missões nacionais de observação eleitoral. São elas: Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD); Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep); Associação Juízes para a Democracia (AJD); Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE); Sociedade de Ensino Superior de Vitória (Faculdade de Direito de Vitória - FDV); Transparência Eleitoral Brasil; Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ;) e Universidade de São Paulo (USP).

Expedição - Mais duas atrizes da novela Pantanal vão participar de uma imersão no bioma. Malu Rodrigues (intérprete da personagem Irma Novaes na primeira fase da nova novela ‘Pantanal’) e Letícia Salles (personagem Filó na primeira fase) participarão de uma expedição unidades de conservação – Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, Parque Estadual do Encontro das Águas e a RPPN Acurizal, na Serra do Amolar –, organizada pelas ONGs (Organização Nac iSOS Pantanal e a Rede Pro UC, entre os dias 20 a 25 de julho.

Bastidores – Falando em Pantanal, Gabriel Sater compartilhou, nesta terça-feira (29), clique da gravação de capítulo que foi ao ar anteontem na novela. Quem assistiu à cena sensual entre Trindade (personagem de Sater) e Irma (interpretada por Camila Morgado, não consegue imaginar a quantidade de câmeras e equipamentos envolta dos atores captando cada movimento. O cantor e ator também comentou da “química” entre ele e Camila. “Ela é uma pessoa de muita luz, extremamente dedicada, estudiosa, apaixonada pela sua arte e muuuuito talentosa! Assim fica fácil, né?”.

Nos siga no Google Notícias