ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 30º

Jogo Aberto

Cota garante vaga, mas não a participação de negras em VT

Por Marta Ferreira e Leonardo Rocha | 05/03/2020 06:00

Ficou no Whats - O presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Adelaido Vila, convocou debate sobre segurança na região central, mas sem citar índices ou apresentar dados novos, a reunião mais pareceu esquenta para campanha política. Com cerca de 60 pessoas, o único encaminhamento prático foi a criação de grupo de Whatsapp sobre o assunto.

Representatividade – Vídeo de quase dois minutos, que está circulando pelas redes sociais, tem cerca de vinte mulheres das forças de segurança de Mato Grosso do Sul para enaltecer o Dia da Mulher, 8 de Março. A coluna recebeu a peça de um leitor com a observação sobre a ausência de negras. 

Cotas - Na gravação, há servidoras da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) e agentes socioeducativas. Com ingresso via concurso público, essas carreiras têm cotas para negros, mas ainda assim, são minoria, como evidencia o vídeo produzido.

Repasso – O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) decidiu declinar da competência para investigar a demora na emissão de diplomas de nível superior pela Anhanguera Universidade. Em decisão oficializada nesta quarta-feira (4), ficou estabelecido que inquérito sobre o assunto deve ser encaminhado à esfera federal.

Douradense - O deputado José Carlos Barbosa (DEM) não desiste da possibilidade do vice-governador Murilo Zauith (DEM) - com base em Dourados, ser candidato a prefeito do partido em Campo Grande. "Ele ainda cogita esta opção, mas precisa mudar de residência eleitoral", justificou. Ele ponderou que a legenda ainda tem outros nomes na Capital, como o vereador André Salineiro e até os ministros Luiz Henrique Mandetta e Tereza Cristina.

Êxitos - Mandetta e Tereza, inclusive, ganharam elogios públicos do jornalista Elio Gaspari, na sua coluna no Jornal Folha de São Paulo. No texto "Tereza e Mandetta, dois êxitos num governo que vive em loucas cavalgadas para nada", ele avalia que os sul-mato-grossenses são ministros apenas normais, mas que "cuidam do expediente e evitam brigas públicas".

Nada de reeleição - Voltando a Dourados, o deputado Neno Razuk (PTB) disse que sua mãe, a atual prefeita  Délia Razuk (PTB), provavelmente não será candidata à reeleição. "Meu pai já tem 80 anos, além disto ela não consegue curtir netos". Se confirmar esta desistência (pleito), o parlamentar disse que o PTB vai analisar quem vai apoiar na cidade.

Migrante - O deputado Jamilson Name (sem partido) também anda indeciso. Não decidiu para qual legenda vai migrar, depois de sair do PDT. Ele entende que não fica prejudicado na Assembleia, porque está sem partido. "Sempre votei de acordo com minha consciência e não por ideologia de partido, se continuar nesta condição posso até frequentar vários palanques de companheiros na política".

Chapa municipal - Já Antônio Vaz (Republicanos) garantiu que seu partido já está planejando a chapa de vereadores em Campo Grande, que já parte com dois mandatos, Gilmar da Cruz e Roberto Santana. Sobre a disputa municipal, garante que o nome da legenda é Wilton Acosta, ex-diretor-presidente da Funtrab.

Antecipando - O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) lança amanhã (6) o pacote de obras de R$ 3 bilhões, com investimentos para todo o Estado. Mas bem antes, às 8h, ele antecipa as informações em entrevista ao Campo Grande News. Você pode acompanhar ao vivo pela página do portal no Facebook.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário