ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

Dupla do poder alcança "bodas de hematita", pedra da coragem

Por Jackeline Oliveira, Maristela Brunetto e Gabriela Couto | 27/01/2024 07:00
Foto do casamento de Simone e Eduardo, há 28 anos.
Foto do casamento de Simone e Eduardo, há 28 anos.

Bodas de Hematita - Um trabalha em Brasília, outro em Mato Grosso do Sul, mas ao contrário do que a vida costuma ensinar, a ministra Simone Tebet e o secretário da Casa Civil, Eduardo Rocha, comemoraram ontem mais um ano de casamento. Ela postou uma declaração para marcar o dia. "Hoje completo 28 de casada com meu eterno amor... Nossa família é um presente de Deus para mim e sou grata pela nossa união", escreveu ao postar foto do dia do casório e depois com as filhas ainda pequenas no colo. Os dois alcançaram as "bodas de hematita", em referência à pedra que é conhecida como "diamante negro", símbolo da coragem e da felicidade.

Da cozinha - Estreante no cenário político, o novo secretário de Governo e Gestão Pública, Rodrigo Perez, deixou clara sua proximidade com o governador. Chegou a ser chamado de “guardião” pelo novo chefe. Ao citar o governador, em vez de mencionar o cargo, chamou-o diretamente pelo primeiro nome: Eduardo.

Deslocado – Nesta sexta-feira (26), o governador convocou coletiva de imprensa para anunciar as mudanças no alto escalão do governo, enquanto a imprensa chegava ao Receptivo do Prosa, o deputado federal Beto Pereira (PSDB) estava de saída e brincou, “o governador ia me anunciar, mas desistiu”. Beto esteve no local por menos de cinco minutos e foi embora, “meio deslocado”.

Jogo de basquete - Durante o anúncio das substituições no primeiro escalão do governo, Eduardo Riedel comparou os 4 anos de governo com um jogo de basquete, que tem 4 tempos e a cada tempo o técnico entra e faz mudanças, disse que isso é o que está acontecendo e tratou com muita naturalidade essas substituições.

Bordão aposentado - O bordão "Chama o João", usado pelo agora secretário-adjunto da Casa Civil, João César Mattogrosso, durante seu mandato como vereador e como deputado estadual, será aposentado, ao menos neste momento. Segundo Mattogrosso, agora o lema é "Chama Mato Grosso do Sul, Chama Eduardo Riedel".

Estudando perfis - O governador Eduardo Riedel tem contado com a ajuda da própria Ana Carolina Nardes, secretária de Administração, na missão de escolher quem deve substituí-la na SAD. A secretária pediu para sair, alegando cansaço. Além disso, a parceria entre Riedel e Ana se estende na avaliação de possíveis nomes que devem ser anunciados como adjuntos da SED (Secretaria de Educação), Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura) e SEC (Secretaria de Estado de Cidadania).

Pelas mulheres - A socióloga Manuela Nicodemos assumiu a Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres. Ela substitui Cristiane Sant' Anna de Oliveira. Ambas são ativistas na defesa dos direitos das mulheres. Manuela já integrou o gabinete do deputado Pedro Kemp, atuou em programa de enfrentamento à violência contra mulheres no Piauí e por último atuava em uma empresa de consultoria para projetos sociais.

Papo de torcedor - O futebol sul-mato-grossense não anda bem das pernas e o torcedor comemora a presença de políticos que ainda se interessam pelo esporte. O deputado estadual Pedro Pedrossian Neto (PSD) foi abordado nas redes sociais por um fanático que pediu empenho do parlamentar. Prontamente, Pedro afirmou que no retorno do trabalho da Assembleia Legislativa vai realizar uma audiência pública para discutir formas de apoio.

Só piora – Que no Brasil muita gente ainda desconhece o Sul do Mato Grosso não é novidade. Mas a imprensa nacional se supera. Quando acerta o nome do Estado, erra o do governador sul-mato-grossense. Ontem a Veja chamou Eduardo Riedel de “Bernardo”.

Vai ter água - Após o anúncio do bloquinho de Carnaval em comemoração ao aniversário da deputada federal Camila Jara (PT), começaram os pedidos para distribuição gratuita de água aos participantes, uma vez que essa foi uma bandeira levantada pela petista sobre eventos abertos. E aí? Vai ter água?

Nos siga no Google Notícias