ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  12    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Em Sidrolândia, prefeita bloguerinha inspira "Valdinha"

Por Maristela Bruneto e Caroline Maldonado | 28/02/2024 06:00



Oi amado! - As postagens nas redes sociais da prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo, a Vandinha (PP), tem se tornado inspiração para uma página da cidade que criou a personagem "Valdinha". Nos vídeos, a reprodução de momentos da chefe do Executivo é feita à base de sátira e alfinetadas à gestora que irá buscar a reeleição. E a produção é quase "profissa", com figurino e ajuda de figurantes. No Carnaval, "Valdinha, a Bloguerinha" ganhou as ruas com o "Bloco da Amada".

E agora Dourados? - O vice-governador José Carlos Barbosa (PP), o Barbosinha, assumiu várias vezes nos últimos dias que tem interesse em disputar a prefeitura de Dourados. Em 2020, ainda no DEM, ela perdeu para o atual prefeito, Allan Guedes. Agora, Barbosinha acha que tem mais chances porque desde a derrota ele mostrou serviço como vice-governador. O problemão é que ele e Allan agora são do mesmo partido.

Diplomação à vista - Oficialmente a Assembleia Legislativa foi comunicada da decisão do TSE que cassou o mandato do então deputado Rafael Tavares, por fraude nas últimas eleições. A previsão é que o suplente, Paulo Duarte, seja diplomado na próxima sexta-feira e sente na cadeira já na segunda.

Calcanhar de Aquiles - Novo no campo, o deputado estadual Pedro Caravina (PSDB) já sabe em quais comissões  via trabalhar neste ano. Ao assumir a cadeira na Assembleia Legislativa, o PSDB pode alterar as ocupações que o então suplente ocupava. Desta forma, Caravina ficará com vagas nas comissões de Saúde e Segurança Pública, áreas que são o "calcanhar de Aquiles" de qualquer governo.

2024 começou - Coordenador da pré-campanha da candidata a prefeita Camila Jara (PT), o deputado estadual Pedro Kemp (PT), já partiu pro ataque. Publicou um vídeo da prefeita Adriane Lopes (PP) em que ela aparece no ato a favor do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), no fim de semana, e classificou a situação como "ridícula". Na Câmara Municipal, o vereador Thiago Vargas (PSD) rebateu. A estratégia dele foi "puxar a capivara" e lembrar episódios de Kemp, como quando gritou com correligionária e se recusou a fazer bafômetro. "Quem é você na fila do pão para questionar a prefeita?", disse Tiago, durante sessão na terça-feira (27). Quanto aos comentários de Tiago, Kemp disse que não ia repercutir porque "não vale a pena".

Festival em números - O Instituto de Cultura e Desenvolvimento Solidário Máxima Social, responsável pela realização do Festival de Inverno de Bonito, publicou a prestação de contas dos recursos envolvidos no evento. Foram cinco dias de apresentações culturais que movimentaram  R$ 6,749 milhões, recursos obtidos com incentivo cultural. A maior despesa foi com a estrutura, no total de R$ 2, 5 milhões, seguida pelas despesas com alimentação, transporte e hospedagem, totalizando R$ 976,2 mil. Os artistas ficaram com R$ 913,2 mil das receitas, quase o mesmo destinado para uma auditoria das despesas, que custou R$ 852 mil.  Para a produção, foram R$ 654 mil. O festival ocorreu em agosto, atraindo 100 mil pessoas de público, conforme a prestação de contas.

Podridão - A reclamação do bairro “mais fedido” de Campo Grande chegou à Câmara Municipal. Na sessão de terça-feira (27), os vereadores decidiram visitar o bairro Nova Campo Grande, onde frigorífico espalha cheiro insuportável há anos. Os moradores fizeram até protesto neste mês contra a “podridão”, mas os órgãos de fiscalização dizem que o odor é inerente à atividade da empresa.

Médio prazo - Nem só de ponte vive a Bioceânica. A prefeitura de Porto Murtinho jura que vai investir em saúde. Anunciou reforma e ampliação do Hospital Municipal Oscar Ramirez Pereira, que já tem 20 anos. Segundo a atual gestão, a obra de R$ 7 milhões integra o planejamento de médio prazo que está sendo executado na estruturação da cidade antevendo a implantação da Rota Bioceânica.  E o lugar está bem “feinho”, por isso terá 3.000 metros de piso trocados, além de reparos no telhado e calhas. Nem banheiros com acessibilidade o lugar tem hoje.

Cortando as asinhas - A prefeita de Jardim, Clediane Matzenbacher (PP), conseguiu reverte em partes decisão judicial que cortava investimento de quase um milhão de reais em publicidade neste ano. Ela até vai poder gastar, mas muito menos. Não pode torrar mais de R$ 230 mil.

Revolta masculina - A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, anda preocupada com empresas que, segundo ela, estão ameaçando ir à Justiça contra a Lei da Igualdade Salarial, que foi sancionada pelo presidente Lula no ano passado. Ninguém quer corrigir a discrepância histórica entre os salários de homens e mulheres. O primeiro prazo para as empresas entrarem nos eixos vence amanhã (29), com a entrega de relatório mostrando se a empresa respeita ou não a paridade.

Nos siga no Google Notícias