A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


01/03/2014 07:05

Empresa tem 10 caminhões para despejar vereadores

Edivaldo Bitencourt

Aposentadoria - O comandante geral da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, destacou que vai se aposentar no dia 28 de março. Ele ressaltou que seu sucessor deve ser anunciado após o Carnaval, pelo governador André Puccinelli.

Ainda não – Coronel David evita falar sobre a candidatura a deputado estadual nas eleições deste ano. Para evitar especulação e pressão fora da hora, ele disse que só vai falar sobre o assunto após pendurar o coturno.

Lição de casa - O vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB) fez a lição de casa e no evento de ontem cantou pelo menos metade do hino estadual de Mato Grosso do Sul. Ele se atrapalhou um pouco, mas seguiu a determinação do guru, o governador André Puccinelli (PMDB), e não fez feio ao mostrar o amor ao Estado.

Seria ótimo - André ressaltou que o prefeito Murilo Zauith (PSB) foi um ótimo vice-governador e poderia ser também um bom governador. Ele decidiu estudar a hipótese de ser candidato após uma conversa com o peemedebista nesta semana.

Outra história – O governador André Puccinelli evitou falar sobre a reunião com Murilo para discutir as eleições deste ano. Questionado se houve alguma conversa entre eles sobre este assunto, Puccinelli apenas ressaltou que isto se trata de outra história e encerrou a conversa.

Sem política - André garantiu que durante a sua viagem a Brasília, nesta semana, não houve qualquer conversa sobre política, apenas sobre a vinda de recursos do PAC 3 para Mato Grosso do Sul. "Só houve conversas sobre isto, nenhuma conversa particular sobre política".

Deputado federal - O secretário estadual de Habitação, Carlos Marun, afirmou que vai disputar a eleição para deputado federal. Ele não quer enfrentar outros parceiros na eleição para deputado estadual. "Por isso vou concorrer a uma vaga em Brasília", justificou-se.

Despejo – A Câmara Municipal de Campo Grande pode entrar para a história se o despejo ocorrer neste mês ou em abril. A data ainda vai ser definida pela Justiça e pode ser no dia 11, daqui 10 dias.

Dez caminhões – A Haddad Engenheiros informou que já garantiu a contratação de 10 caminhões para promover o despejo dos vereadores. Os pertences do legislativo podem ser levados para o depósito do Poder Judiciário.

Carnaval – Os políticos terão, teoricamente, o último descanso do ano antes do início da campanha eleitoral. Oficialmente, o início é só a partir de junho, mas os candidatos interessados em conquistar o eleitor já mostrar as armas a partir deste mês.

(colaboraram Kleber CLajus e Leonardo Rocha)

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions