A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/09/2017 06:00

Fábrica de carro elétrico tem plano para 2 unidades em MS

Marta Ferreira

Investimento-combo – A Brave Brasil Veículos Elétricos, empresa que já anunciou interesse em instalar em Mato Grosso do Sul uma fábrica de veículos elétricos, que seria a primeira do País, tem plano também para investir também na região fronteiriça ao Paraguai. Ali, seria instalada uma fábrica de baterias para os automóveis movidos a energia. 

Motivação - Um dos atrativos seria o interesse em uma tributação menor para a região, prevista na proposta de criação das áreas de livre comércio nas fronteiras. Projeto de alguns anos, a criação dessa espécie de zona franca está tramitando no Congresso Nacional.

Apoio – Além disso, a empresa já conseguiu promessa de auxílio para seu objetivo tanto da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) quanto da Comissão de Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa). No mês passado, dirigentes da Brave reuniram-se com o presidente da Comissão, Paulo Correa (, e com o da Fiems, Sergio Longen.

Ajudar como? Da parte da Fiems, já está decidido que a indústria terá suporte do ISI Biomassa, o Instituto Senai de Inovação em Biomassa, que será inaugurado em outubro na cidade de Três Lagoas. Da parte da comissão da Assembleia, a tratativa envolve a obtenção de financiamento do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste).

Errata – Ficar conhecida como ‘sentença-poesia’ não livrou de um errinho a decisão do juiz David de Oliveira Gomes Filho que vetou a instalação da estátua de Manoel de Barros em trecho da Avenidas Afonso Pena. É que no documento acabou sendo escrito que o local proibido continua um ‘sítio arqueológico militar’, quando o correto, segundo correção acrescentada ao processo, é ‘sítio histórico militar”.

Corretor falhou – Em outro texto apresentado ao Judiciário , só que pelo advogado Conrado Passos, que defende o réu pelo assassinato da musicista Mayara Amaral, os erros aparentemente de digitação chamam atenção. Em um dos trechos, saiu ‘sopostamente’ no lugar de supostamente.

Argumento -  No texto em questão, o advogado apresenta defesa de Luis Alberto Bastos Barbosa, preso pela morte de Mayara e réu por latrocínio, e coloca vítima e autor em pé de igualdade. A peça apresenta os dois como pessoas 'do bem', levadas à situação por circunstâncias. Para defender a tese de feminicídio, a defesa afirma categoricamente que Luizinho, como é conhecido, "não é ladrão não'.

Vamos verificar – Diante da informação de que a Prefeitura de Aquidauana vai desativar um serviço que atende pessoas com HIV de 6 cidades, o secretário de Estado Nelson Tavares foi cauteloso. Disse que os municípios estão optando por reduzir estruturas e diminuir custos operacionais. Sobre o caso específico, disse estar em viagem e que vai buscar mais detalhamento quando chegar.

Precisa mudar – De um modo geral, Tavares disse que a restruturação acaba melhorando a assistência. “Existe uma resistência natural de alguns setores e pessoas a essas mudanças, mas penso que algum tipo de reestruturação tem que ser feita, pois custear a saúde da forma como ela está hoje, não é mais possível”, defende.

Cobiçada -  Queridinha dos adeptos da alimentação saudável, Bela Gil está sendo disputada por quem faz comida com essa pegada em Campo Grande. Ela ainda não decidiu, pelo menos oficialmente, a quem dará a hora de ser servida. Uma coisa a apresentadora e escritora de livros de culinária já avisou aos organizadores: vai usar ervas produzidas por aqui mesmo, sem agrotóxico, na aula show prevista para o dia 15.

 

 

 

Repercussão de ação contra quadro divide deputados
Quadro da discórdia - Quase uma semana depois, ainda rende nos bastidores da Assembleia a polêmica intervenção de deputados que foram à polícia contr...
Expogrande sonha com Roberto Carlos para 2018
“Só nomes “top” - É o que a direção da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) quer trazer para a edição de 2018 da feira, que será...
Coincidência trágica e violenta uniu Mayaras na Capital
Coincidência trágica – Não só o nome, mas o destino trágico uniu duas Mayaras em Campo Grande. Mayara Amaral, de 27 anos, foi assassinada no dia 24 d...
CPI estuda nem ouvir donos da JBS
Inócuo - Diante de tantas confissões da JBS de que não fez os investimentos prometidos em Mato Grosso do Sul, a CPI criada na Assembleia Legislativa ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions