A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


07/02/2020 06:00

Governo não é insensível, diz Reinaldo sobre o Parque

Tainá Jara e Leonardo Rocha
Governador com jaleco do curso de Medicina, que ganhou na UEMS. (Foto: Divulgação)Governador com jaleco do curso de Medicina, que ganhou na UEMS. (Foto: Divulgação)

Sensível – Durante o evento ontem da UEMS, o governador Reinaldo Azambuja reclamou de ataques à ideia de levantar prédios públicos no Parque dos Poderes. Na avaliação dele, as obras são necessárias para concentrar todos os serviço num único local. Mas antes de qualquer decisão vai considerar estudos responsáveis sobre a área. “O governo não é insensível. Se não puder mais construir aqui, a gente não vai construir”, garantiu.

Depois da tempestade... - As criticas eram grande por conta da estrutura do curso de Medicina da UEMS, mas nesta quinta-feira o governo do Estado assinou convênio para distribuição de bolsas para os alunos do 6° ano. Além disso, vai destinar recurso para pesquisa na pós-graduação e promete ainda anunciar a abertura de novos cursos nos próximos anos. Como agradecimento, Reinaldo Azambuja ganhou um jaleco de presente.

Dress code - Nada de uniforme ou exibição de arma e distintivo. O dress code dos policiais federais em operação contra fraudes foi roupa social. A exigência seria apenas para os PFs que visitaram órgãos públicos. Na operação em setembro de 2018, policiais foram orientados a trajar roupa clara em visita a apartamento de político.

Família empregada - O Tribunal de Justiça prorrogou prazo para fim de nepotismo em cartórios de Mato Grosso do Sul. O tempo limite acabava hoje, mais foi esticado por mais 60 dias. O corregedor de justiça, Sérgio Martins, explicou que tomou a decisão porque alguns cartórios não concluíram treinamento dos funcionários. O problema com emprego de parentes ocorre que alguns cartórios considerados "vagos", hoje administrados por interinos.

Calado - Pegou mal a substituição do sul-mato-grossense Fábio Trad (PSD) por Marcelo Ramos (PL-AM) como relator no caso de afastamento do deputado Wilson Santiago (PTB-PB), acusado de corrupção. Trad era favorável ao afastamento, o que desagradou os colegas.

Corrupção - Depois de 5 horas de reuniões na Câmara, ele foi trocado por Marcelo Ramos, que assinou relatório pela permanência de Santiago no cargo. Por fim, no mesmo dia à noite, o parecer foi à votação e o plenário da Câmara dos Deputados anulou a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que havia afastado o parlamentar.

Placar - No plenário, só um sul-mato-grossense apoiou a permanência de Wilson Santiago na Câmara. Da bancada de MS, apenas Vander Loubet (PT) votou a favor do parlamentar continuar exercendo o mandato. Luiz Ovando (PSL), Loester Carlos (PSL), Dagoberto Nogueira (PDT) e Fábio Trad (PT) votaram pelo afastamento.

Otimista - O deputado Neno Razuk (PTB) diz que vai insistir para que o ex-senador Delcídio do Amaral (PTB) saia candidato a prefeito em Campo Grande. "Já fizemos este pedido a ele no ano passado, inclusive com o apoio do Roberto Jeferson (presidente nacional) e estamos a espera de uma confirmação. Acredito que seu nome é forte para disputa", ponderou.

Amigos -  Muito disputada no ano passado, a briga anda bem amena na Comissão de Segurança da Assembleia este ano. O deputado Carlos Alberto David (PSL) disse que vai abrir mão da presidência em favor de José Almi (PT). "Conversei com ele e combinamos de fazer a troca neste ano. Se trata também de um representante da Polícia Militar aqui na Assembleia".

Justa causa - Depois de conseguir aval para deixar o PDT, o deputado Jamilson Name (sem partido) disse que ainda avalia os convites que recebeu de vários partidos e que deve definir em breve em qual partido irá se filiar. O parlamentar conseguiu deixar sua legenda antiga, sem perder o mandato, alegando "justa causa", após relação de conflito com o presidente regional do PDT, o deputado Dagoberto Nogueira (PDT).

De parabéns -  Por outro lado, depois de Campo Grande ser homenageada e reconhecida como uma das "Cidades Árvores do Mundo", pela FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) e pela Fundação Arbor Day, foi a vez de os vereadores homenagearem a Capital. Durante a sessão desta quinta-feira, a Câmara Municipal aprovou uma moção de congratulação por valorizar o meio ambiente.

 

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions