A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/09/2019 06:00

Justiça protege "intimidade" de filho de desembargadora

Ângela Kempfer e Marta Ferreira
Breno é réu em Campo Grande em processo por posse ilegal de armas, em que foi decretado segredo de justiça. (Foto: Reprodução de processo)Breno é réu em Campo Grande em processo por posse ilegal de armas, em que foi decretado segredo de justiça. (Foto: Reprodução de processo)

Cuidado - Já condenado por integrar organização criminosa que tentou resgatar um preso em Três Lagoas, Breno Solon Borges, 39 anos, filho da desembargadora afastada Tânia Garcia de Freitas Borges, recebeu em processo que corre em Campo Grande, por posse ilegal de arma, o benefício do sigilo processual. O argumento é que vão ser anexados documentos com dados da "intimidade" do réu.

Condenação à vista - Breno, preso em Três Lagoas, é alvo também de processo por tráfico de 137 quilo de maconha e posse de armas, em Água Clara. O caso está na fase final, aguardando apenas as manifestações finais da defesa e da acusação. A pena mínima prevista é de 12 anos. 

Louros - Os senadores sul-mato-grossenses Nelsinho Trad (PSD) e Soraya Thronicke (PSL) foram agraciados pelo presidente Jair Bolsonaro com a Ordem do Mérito Aeronáutico. O decreto que concedeu a honraria aos parlamentares premiou também os ministros da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro; da Economia, Paulo Guedes; e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Generalizando - Nelsinho e Soraya foram admitidos no grau de “Grande Oficial”, mesmo já recebido pela senadora Simone Tebet (MDB), pelos ex-senadores Pedro Chaves e Juvêncio da Fonseca, pelo ex-deputado federal Waldemir Moka, e pelo ex-governador José Orcírio Miranda dos Santos. Já André Puccinelli, quando prefeito de Campo Grande, foi agraciado como “Comendador”.

Time grande - A Ordem do Mérito Aeronáutico foi criada em 1943 para premiar militares da Aeronáutica pelos serviços ao País ou reconhecer trabalho de personalidades pela Força Aérea. A lista de agraciados com a comenda é grande. Tem desde o astronauta Neil Armstrong e o piloto Ayrton Senna, até o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o ex-presidente da CBF, José Maria Marin, presos por lavagem de dinheiro.

Nomeados – A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) ainda não tem data de inauguração, mas já definiu quem vai administrar a Penitenciária Estadual Masculina de Regime Fechado da Gameleira, aqui em Campo Grande. O agente Flávio Rodrigues Marques será o diretor, depois de ficar por 10 anos na Máxima. Comandante do Grupo Tático de Escoltas, Edmilson Rodrigues Horácio será o adjunto. Os dois fazem parte do Cope (Comando de Operações Penitenciárias).

Competitivos - A Fiems e a MSGás voltam a defender alternativas para reduzir o preço do gás natural importado da Bolívia e assim, tornar esse tipo de energia competitiva para as indústrias de Mato Grosso do Sul. Ontem, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, e o diretor-presidente da MSGás, Rudel Trindade Junior, conversaram sobre o assunto com o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

Mudança política - Na avaliação do governo e da entidade, portaria que cria as novas condições de comercialização do gás natural no Brasil criou oportunidades para potencializar o processo de industrialização de Mato Grosso do Sul. Agora, o grupo espera passar as eleições na Bolívia, marcada para 20 de outubro, para avançar na negociação.

Daqui não saio – Rose Modesto não esconde de ninguém o desejo de, mais uma vez, disputar a Prefeitura de Campo Grande. Mas, aparentemente, não pretende transformar isso em cisma partidária. A deputada federal afirmou ontem, na 104.7 FM, que não chegou a discutir com o PSDB a possibilidade de se desfiliar para tentar construir o projeto em outro partido.

Alinhados – A afirmação vai ao encontro do que o presidente regional tucano, Sérgio de Paula, havia antecipado semanas: Rose fica no PSDB como um projeto futuro. A própria deputada federal reconhece, em suas palavras, em adiar o projeto e se dedicar ao mandato de deputada federal para o qual foi eleita no ano passado –e que seria a expectativa da população sobre si no momento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions