A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/10/2018 06:00

Katia Abreu faz discurso "paz e amor" em visita a MS

Marta Ferreira

#Paz - A senadora Kátia Abreu, candidata a vice-presidente de Ciro Gomes (PDT), argumentou ontem, em visita a Campo Grande, que o Brasil é "grande demais" para que haja conflitos no campo, entre brasileiros. "Não precisa brigarmos entre nós, por isso nossa convicção é de evitar as disputas e buscar uma solução antes do conflito", disse a senadora, que é produtora rural.

Amiga – Durante a agenda, a senadora lembrou da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), de quem foi defensora durante o processo impeachment "Ela é candidata ao Senado e lidera as pesquisas, mostrando que eu estava certa em defendê-la durante o impeachment. Ela errou na economia e na política, mas acredito que nunca roubou".

Prevenida- A programação divulgada para a visita de Kátia Abreu em Campo Grande previa uma caminhada no Centro com o candidato ao governo pelo PDT, Odilon de Oliveira. Mas como o céu começou a anunciar que choveria, a atividade foi cancelada. De fato, horas depois caiu um temporal.

Medo da chuva – A tempestade de ontem em Campo Grande foi a pior chuva já enfrentada pelo prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad. A chuvarada lembrou as que ocorreram no último ano da administração do outro Trad que foi prefeito, Nelsinho.

Democrática – A tempestade não poupou regiões. Alagou e provocou estragos de bairros periféricos até espaços normalmente à salvo, como o shopping Campo Grande, onde leitores registraram goteiras na rede de fast foof McDonalds.

Caminho do meio - Katia Abreu disse que a campanha do PDT, que tem Ciro como candidato à presidência, tem a intenção de pacificar o País. Ela disse que as duas principais palavras do grupo são: "paz e amor", termo que, ao longo dos anos, foi associado ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva.

Fiel – O ministro-chefe da Casa Civil Carlos Marun (MDB/MS) segue prestando apoio a aliados antigos, sem temer os críticos. Agora gravou um vídeo apoiando a candidatura da filha de Educardo Cunha, que está preso. Danielle Cunha (MDB) disputa uma vaga a deputada federal pelo Rio de Janeiro.

Agradecimento – No vídeo, compartilhado vias redes sociais, Marun diz que, ao contrário de outros, não é “vira-casada” e chega a agradecer Cunha. Diz que foi a atuação do político que evitou que o Brasil “virasse uma Venezuela”, em alusão ao impeachment da ex-presidente Dilma Roussef.

Balela- Em dois dos debates de candidatos, o candidato do PSOL, João Alfredo Daniezi, disse que firmou compromisso de abrir mão de foro privilegiado caso fosse eleito. Juristas ouvidos pela coluna disseram que essa possibilidade não existe. Já houve esse tipo de pedido de réus da Lava Jato, para tentar ser julgado na esfera comum, mas a resposta é que o foro por prerrogativa de foro é "irrenunciável"

Cortesia - Se na frente das câmeras candidatos ao governo trocam farpas, nos bastidores, o clima era ameno durante o debate da TV Morena nesta terça-feira. Junior Mochi, do MDB, Humberto Amaducci (PT) e Marcelo Bluma fizeram uma "rodinha" conversavam tranquilamente.

(Com Leonardo Rocha e Humberto Marques)

 

 

 

Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...
#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions