A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/11/2011 08:00

Luzes da cidade

Jogo Aberto

Preguiça ou descaso?

A Prefeitura já está na terceira campanha de liquidação de débitos inscritos na Dívida Ativa e ajuizados e a Procuradoria Jurídica de Campo Grande sequer despachou processos sob ‘vistas’ de seus servidores da primeira leva.

Processos na mão de um de seus procuradores, por exemplo, estão mofando desde março do ano passado. Há centenas de processos, todos liquidados, ‘aguardando’ vista dos procuradores municipais. Eis aí uma boa contribuição para o estado paquidérmico da Justiça.

Massificação

O deputado Marquinhos Trad segue massificando sua proposta de ampliar as facilidades para liquidação do IPVA, que já teve uma primeira aprovação na Assembleia, mas está sendo repelido pelo governo. O deputado recrutou entregadores nesta terça-feira para panfletar na avenida Afonso Pena e divulgar a ideia.

A proposta é ampliar o desconto de 10% para 15% no pagamento à vista, esticar de 3 para 5 o número de parcelas e renegociar débitos atrasados em 10 parcelas. Para o deputado, a proposta busca reduzir o estoque de dívidas e restabelecer o meio de transporte de milhares de pessoas.

Tá nem aí

O superintende da Sudeco, Marcelo Dourado, deixou vencer prazo para Mato Grosso do Sul se habilitar a verba de R$ 3 milhões. O cochilo, ou falta de empenho do superintendente veio a comprovar a despreocupação dele com as demandas do Estado. Como se sabe, ele foi ungido pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF).

Vídeo

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB) confirmou à reportagem do Campo Grande News que filmou as obras de urbanização para enviar vídeo à presidente Dilma Rousseff, que foi atropelada pela crise no Ministério do Esporte e pela agenda internacional, ficando impedida de definir já sua visita em Campo Grande para inauguração do complexo Imbirussu-Serradinho.

Elefante branco

Lamentável o estado a que foi relegada a pista de Motocross de Campo Grande, que consumiu dinheiro que daria para construir ao menos 15 casas populares. Depois da festa e dos louros, disputados por órgãos públicos e privados, ninguém quis assumir a manutenção.

Responsabilização

O abandono da pista de Motocross de Campo Grande é uma situação que merece investigação aprofundada do Ministério Público, a começar pela escolha do local, totalmente impróprio, ao lado de um viaduto que cruza as duas principais rodovias do Estado BR-262 e 163. A pergunta é: quem ganhou com a obra e com o campeonato mundial (único evento da pista que custou R$ 700 mil) não teria responsabilidade sobre a manutenção da área? Ontem o prefeito Nelsinho Trad se eximiu dessa responsabilidade.

Gastança sem dó

Enfeites luminosos para decoração de espaço público de Natal teriam sido comprados na glamurosa Gramado (RS), a peso de ouro e alto custo de transporte aéreo. A desculpa é o risco de produto falsificado na fronteira de Ponta Porã.

Animosidade

Em ato do PT de Bonito o último fim de semana para lançamento da pré candidatura de Laércio Miranda , o presidente da Câmara, vereador Reginaldo Nunes da Rocha, o Nandinho dos Correios, também se lançou como pré-candidato, alegando que o estatuto do par3tido não poderia ser rasgado, uma vez que o documento prevê prévias. Nandinho se lançou como integrante do grupo político do senador Delcídio do Amaral.

Saúde da Família

A partir de agora, qualquer município brasileiro poderá contar com o médico veterinário entre os profissionais que formam os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasfs). A portaria que autoriza a inclusão do profissional no sistema de saúde da família foi publicada segunda-feira no Diário Oficial da União pelo Ministério da Saúde.

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



Tem vários tópicos nesta máteria, que demonstra o descaso com o dinheiro público, mas o que me chamou a atenção foi incluir um veterinário no sistema de saúde da família;Isso é idéia de giríco
 
porfirio vilela em 02/11/2011 08:24:28
Deputado, poderia fazer algo mais duradouro mudando a alíquota de 5% para 2,5% permanentemente e não dependermos de uma canetada via decreto todo ano para reduzir a base de cálculo em 50%, dando um resultado final de 2,5% de taxação do IPVA. Muita gente nem percebe, mas basta não ser editado o decreto e teremos que pagar o dobro do que pagamos normalmente.
 
José da Silva em 02/11/2011 05:42:30
Deputado Marquinhos Trad, fala sério! Todo mundo sabe que o nosso imperador (desculpe, governador) vai vetar qualquer coisa nesse sentido. Será que não existe nada mais importante para fazer afim de chamar a atenção? Imagino que depois de todo esse "debate" via imprensa, os dois devem se reunir e comemorar, como ganharam espaço na mídia.
 
José da Silva em 02/11/2011 05:38:46
Esse Ministério da saúde é "animal" mesmo, já começou a resolver o problema da falta de médicos no Brasil. Eu acho que tá na hora de aprendermos a "dar coice".
 
Valter Antunes Oliveira em 02/11/2011 01:00:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions