ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 17º

Jogo Aberto

Mudança de voto

Por Jogo Aberto | 10/10/2012 06:00

Na última hora

As pesquisas internas sobre o resultado da eleição no último domingo detectaram uma reviravolta nos últimos cinco dias antes das eleições. O número de indecisos, que chegava a no máximo 11%, passou para 24%. A análise é que os indecisos migraram para Reinaldo Azambuja, do PSDB.

Análise estatística

Diante disso, um dos trabalhos para o segundo turno é olhar com lupa o resultado dos votos por seção. O objetivo é saber o perfil de quem votou Azambuja.

Últimos projetos?

Cotado para conselheiro do TCE, Jerson Domingos emplacou a lei disque-idoso. A medida cria uma central telefônica para orientar sobre direitos e receber notícias. Ele explica que para o próximo ano o objetivo é disponibilizar espaços na assembleia para que os idosos obtenham informações sobre seus direitos

Para depois

O presidente da Câmara Municipal, vereador reeleito Paulo Siufi (PMDB), não quis comentar sobre a disputa para a presidência da Casa de Leis na próxima legislatura. Segundo ele, o debate fica só para 1º de janeiro.

Preocupação

Siufi garantiu que a maior preocupação agora é o segundo turno em Campo Grande. A justificativa, segundo ele, não é a diferença de votação entre Edson Giroto (PMDB) e Alcides Bernal (PP), mas a diferença entre o peemedebista e Reinaldo Azambuja (PSDB).

Natural

Para o vereador, a votação no tucano indica desejo de mudança dos eleitores. Isso ocorre, analisa, por conta de um desgaste natural que o grupo político liderado pelo governador André Puccinelli sofre. “Porque o PMDB teve baixas (na eleição para vereador)? Temos que avaliar isso também”.

0 a 0

O segundo turno é nova disputa, segundo o parlamentar. “Acabou o primeiro tempo, o jogo está zero a zero e começa um novo jogo”, ilustrou, garantindo que vai para a rua e aos bairros “atrás de votos”.

Pluralidade

O peemedebista ainda ressaltou a disposição “eclética” que o legislativo municipal terá a partir do ano que vem. “Precisamos de uma Câmara eclética mesmo, que defenda os vários setores”.

Muda tudo

As alterações na campanha de Edson Giroto para o segundo turno foram gerais e irrestritas. Vedete nestas eleições, as mídias sociais também mereceram troca de equipe.

Perfil diferente

O marqueteiro Chico Santa Rita vinha desagradando parte da equipe da campanha do peemedebista que reclamava do perfil levado ao eleitor do candidato. Para alguns, houve uma tentativa de aproximar o jeito de Giroto do de André Puccinelli, ideia não aprovada por todos.