A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


05/08/2019 06:00

Na Câmara, servidores já têm de bater ponto

Anahi Zurutuza, Fernanda Palheta e Leonardo Rocha
Fachada da Câmara de Campo Grande (Foto: Arquivo)Fachada da Câmara de Campo Grande (Foto: Arquivo)

Adaptação - Servidores da Câmara Municipal já têm de registrar a chegada e a saída em ponto eletrônico. O equipamento começou a ser usado agora, na volta do recesso, mas por enquanto, em período de adaptação. A folha manual ainda está sendo preenchida.

Fim da farra – Se existiam, funcionários do Legislativo que faltavam ao trabalho sem ter o dia descontado, faziam carga horária menor para a qual foram contratados ou sequer apareciam na casa terão de se emendar. Pelo menos, ficou mais difícil burlar a folha de ponto.

Igualdade de condições - O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), descreveu o Aulão Preparatório para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2019, realizado neste sábado (3), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo como uma oportunidade aos estudantes da rede pública. “É dar igualdade de condições”, disse.

10 mil - Segundo o prefeito a ação promovida pela Subsecretaria de Políticas para a Juventude já atingiu cerca de 10 mil estudantes de Campo Grande. “Atingimos quase 10 mil estudantes que não teriam dinheiro para pagar cursinhos caros e têm acesso a professores do mais alto nível do País”, aponta.

Do Youtube para CG - Marquinhos ainda destacou a participação de professores famosos nas redes socais. “Hoje temos quase 500 alunos aqui dentro que jamais imaginaram estar na frente de professores que eles assistem na internet. Isso é isonomia”.

Motivação - Segundo o prefeito, o município fez a sua parte e agora os estudantes deveriam aproveitar a chance. Ele ainda deixou uma mensagem motivacional. “Estamos dando essa oportunidade, mas quem agarra são vocês. Não adianta a gente querer ajudar se vocês não se dedicarem e acreditarem em vocês”.

Discutir com profundidade - Para discutir com profundidade as questões do transporte público de Campo Grande, o presidente da Câmara Municipal, o vereador João Rocha (PSDB), adiantou que quer realizar um seminário na Capital. O parlamentar quer trazer uma autoridade do assunto. “Estamos pensando em fazer um seminário e trazer uma autoridade que foi secretário municipal de transporte e trânsito em grandes capitais para discutir com profundidade essa questão”.

Estudioso - O presidente da Câmara falou que devido aos problemas que a Capital enfrenta transporte público e trânsito, ele tem lido sobre o assunto. “Tenho estudado mais do que imagina”, garantiu.

Contra a maré – O deputado José Almi dos Santos, o Cabo Almi (PT), continua remando contra a maré e tentando revogar a Cota Zero. Ele já apresentou projeto de lei, que foi arquivado, fez indicações e pedidos diretos ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), tudo em vão.

Mais uma tentativa – Neste fim de semana, ele realizou mais uma audiência para pescadores que são contra a lei que proíbe que o peixe tirado dos rios de Mato Grosso do Sul seja levado para fora do Estado ou transportado de uma cidade para outra. A reunião em Naviraí e é claro que com encontros como este, o deputado colhe louros políticos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions