ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Novo diretor do Detran assume cargo com a CNH suspensa

Por Jhefferson Gamarra, Gabriela Couto e Caroline Maldonado | 03/05/2024 06:00
João Cesar, em sessão na Assembleia Legislativa, durante mandato de deputado estadual. (Foto: Assessoria)
João Cesar, em sessão na Assembleia Legislativa, durante mandato de deputado estadual. (Foto: Assessoria)

CNH suspensa - Recém agraciado com o cargo de diretor executivo do Detran-MS, o ex-deputado estadual, João Cesar Mattogrosso, assumiu a função com pendências por desrespeito às leis de trânsito. Conforme consta em publicação no Diário Oficial do dia 13 de março, o novo chefe do pedaço teve a CNH suspensa por 2 meses por excesso de velocidade, portanto, só conseguirá assumir o volante de novo na próxima semana.

Curioso – A infração por excesso de velocidade que gerou o gancho de 2 meses de suspensão foi cometida no dia 7 de janeiro, por volta das 19h, no cruzamento da Avenida Lúdio Coelho com a Rua João Pedrossian. O curioso é que o veículo em questão é uma modesta Honda Fan 160, e o atual diretor nem tem autorização para pilotar moto. Procurado, o diretor não retornou ligações.

Crianças trans - A ONG Minha Criança Trans, de Campinas, questionou na Justiça a Assembleia Legislativa de MS sobre críticas feitas à entidade por participar da Parada LGBT abordando a transexualidade de crianças e adolescentes. A presidente da ONG recebeu moção de repúdio da Casa na metade do ano passado, defendendo a proteção das crianças para não sofrerem “influência desse tipo de ativismo”, diante da imaturidade para enfrentar o tema. O texto foi aprovado após proposta do ex-deputado Rafael Tavares, que teve o mandato cassado pelo TSE.

Imunidade de opinião - A entidade quer saber quais as bases científicas do Legislativo Estadual para reprovar os conteúdos defendidos pela ONG, que se dedica a defender direitos de crianças e adolescentes que se definam como trans. A Assembleia respondeu semana passada, afirmando que as moções podem ser apresentadas pelos deputados para defender seus pontos de vista, com a aprovação de 4/5 dos parlamentares, e que deputados têm imunidade em suas manifestações. Por fim, pediu arquivamento da ação, que tramita na 4ª Vara de Fazenda Pública.

Investimento - Após anunciar a construção do Hospital Municipal há oito meses, a Prefeitura de Campo Grande contratou uma empresa para consultoria em fevereiro, mas não havia divulgado o valor do serviço. Na quinta-feira (2), o extrato do contrato foi publicado novamente, desta vez indicando que serão investidos R$ 212,5 mil para que a HB Treinamentos Ltda indique a melhor solução para construção e quais serão os equipamentos, mobiliários hospitalares em geral e serviços necessários.

Skatista - Durante a abertura do Simpósio Justiça Desportiva Brasileira – Perspectivas e Práticas o presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Sérgio Martins, brincou que o Estado é comandado por dois excelentes atletas: a primeira-dama Mônica Riedel, que é uma das madrinhas da Corrida dos Poderes, e o governador Eduardo Riedel, considerado por ele um “excelente skatista”.

Bastidores - Antes da abertura do evento, o governador Eduardo Riedel (PSDB) fez questão de contar os bastidores da sala reservada em que estavam as autoridades que representam os poderes estaduais. "A gente estava ali atrás e o futebol mexe com nossos sentimentos. Cada um faz a defesa do seu time. Eu mesmo acho que o Gabigol jogou muito bem ontem (1) e sempre defendo o Flamengo como bom rubro-negro que sou".

Nota no boletim – A assessoria de Eduardo Riedel tem divulgado todas as agendas do governador no portal do Estado como forma de garantir boa nota em avaliações nacionais. Apesar de não atender a imprensa em eventos internos, a medida faz parte do processo para manter o selo diamante de transparência da gestão.

Não² - Inelegível, o vereador Tiago Vargas (PP) teve mais um pedido negado pela justiça na tentativa de se candidatar no pleito deste ano. No novo pedido de urgência, que buscava reverter a penalidade de demissão do quadro da Polícia Civil e suspender a inelegibilidade, o vereador afirmou que a escolha dos candidatos para as eleições 2024 está próxima e que “sofrerá prejuízos” com a situação. No entanto, a Justiça Estadual considerou que as questões apresentadas pelo vereador já foram objeto de decisão anterior, tendo sido indeferidas e que as questões referentes a participação ou não no pleito, devem ser questionadas na Justiça Eleitoral.

Natal à vista - A Prefeitura de Campo Grande já está se preparando para as ações sociais do Natal deste ano. O projeto Partilhando Amor do FAC (Fundo de Apoio à Comunidade) vai doar brinquedos a 20 mil crianças, que vivem em situação de vulnerabilidade na cidade. A diferença de outras campanhas é que não será só na base de doações. Os itens serão comprados por meio de licitação, além dos entregues pela população. A arrecadação começará em julho, mas as licitações já estão em curso, conforme o cronograma.

Nos siga no Google Notícias