A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


27/06/2014 06:00

Os sanguessugas

Edivaldo Bitencourt

Sanguessugas - Acostumado a atuar na sombra e se dizendo porta-voz do prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, dupla tenta extorquir empresários, com ameaças de melar contratos e concessões outorgadas na administração passada.

Siameses - Os dois, com os primeiros nomes idênticos, agem sempre juntos. Na mais recente tentativa de golpe procuraram empresário e exigiram serem os intermediários do negócio junto a Prefeitura. Do contrário, avisaram, melariam a concorrência e abriria outra.

Aplicativo – O secretário municipal de Saúde, Jamal Salem, disse que viu reclamações em grupo de WhatsApp sobre a comida e tomou medidas. Ele ligou para a Real Foods e alimentação já melhorou. “Não vai mais acontecer o que aconteceu”, disse.

Vergonha – A Secretaria Municipal de Saúde vai acabar com a falta de estrutura nos postos. Jamal explicou que a licitação para compra de colchões foi lançada ontem e que o ar condicionado terá conserto. “Tinha médico levando ventilador, uma vergonha”, admitiu.

Dia D – Os partidos promovem a maior parte das convenções no fim de semana. No entanto, a maioria define tudo hoje. Inclui-se no dia D as convenções do PSD, do PSDB, do PT, do PROS e do PDT. O PMDB promove a sua no domingo.

Oficial – Somente ontem de manhã, a vereadora Rose Modesto (PSDB) admitiu que era a candidata a vice-governadora na chapa tucana. Ela não vê desvantagem em chapa pura. Os aliados devem compor apenas na candidatura ao Senado.

Sábado – O candidato a governador do PMDB, Nelson Trad Filho, decide amanhã quem será o candidato a vice-governador. O anúncio oficial será domingo, quando o partido sacramenta a chapa majoritária na convenção estadual.

Sozinho – O governador André Puccinelli (PMDB) não vai integrar a coordenação regional da campanha presidencial de Dilma Rousseff no Estado. Ele disse que pedirá votos para a petista, mas sem integrar oficialmente o staff da coordenação no Estado. O PMDB regional vai pedir votos para Eduardo Campos (PSB).

Milionário - O morador de Figueirão, a 226 quilômetros de Campo Grande, Nola Meneguessi, 70 anos, que ganhou o prêmio de R$ 37.626.306,90 na Mega-Sena, vai passar uma temporada fora do Estado. Para fugir da imprensa e por questão de segurança, veio, sem alarde, para Campo Grande ontem (25) e seguiu para São Paulo, onde ficará na casa de parente. 

Milionário 2 - Os amigos acreditam que Nola não deve ficar muito tempo fora, pois gosta muito da cidade e das propriedades. Depois da doação de 10% do prêmio aumentou o assedio, por isso ele decidiu fazer a viagem. Antes de ganhar a fortuna, ele andava a pé e dependia de carona para chegar ao sítio em Figueirão.

(colaboraram Aline dos Santos e Caroline Maldonado)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions