A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Setembro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/08/2019 07:00

Para legendas pequenas, 2020 já é desafio

Marta Ferreira e Humberto Marques
De olho na eleição para prefeito, partidos nanicos batalham para conseguir filiados interessados na disputa. (Foto: Arquivo)De olho na eleição para prefeito, partidos nanicos batalham para conseguir filiados interessados na disputa. (Foto: Arquivo)

Preparo - A eleição para prefeitos e vereadores é só em outubro do ano que vem, mas a movimentação, como se sabe, começa muito antes. Nas grandes legendas, são as alianças e apoios que se intensificam. Os nanicos, porém estão preocupados, desde já, em conseguir gente suficiente para enfrentar a disputa e cumprir por exemplo, a cota de mulheres, que devem representar 30% dos candidatos

Vamos tentar - O PSOL, que por aqui ainda não alcançou a visibilidade dos grandes centros, quer ter candidato próprio à prefeitura de Campo Grande. Na eleição para o governo, em 2015, a legenda teve candidato, João Alfredo, que enfretou críticas por defender ideias não alinhadas à legenda.

Ainda não - Apoio mais cobiçado para o próximo ano, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) tem insistido, todas as vezes que é questionado a respeito, que só vai tratar disso no ano que vem. Nesta semana, durante a primeira agenda pública depois de alguns dias, afirmou que só em abril falará com mais clareza a respeito.

Todo mundo - Se a cortina de fumaça em Campo Grande e a secura do tempo afetam a vida da população em geral, ampliando os problemas respiratórios, há uma classe que está sofrendo ainda mais: os bombeiros. Obrigados a enfrentar o fogo, por dever de ofício, eles são expostos o tempo todo aos efeitos da fumaça tóxica e alguns enfrentam problemas de saúde, como apurou a coluna.

Contra o tempo – Miranda terá um calendário eleitoral apertadíssimo a contar desta segunda-feira (26), quando será aberto prazo para convenções partidárias para definir os candiadtos na eleição suplementar para prefeito e vice, devido a cassação de Marlene Bossay (MDB) e Adailton Rojo Alves, acusados de trocarem cestas básicas e combustíveis por votos.

Timing – As convenções deverão ser realizadas até 1º de setembro e, no dia 5, os candidatos devem ser registrados na Justiça Eleitoral. A propaganda eleitoral vai de 6 de setembro a 3 de outubro no rádio e TV, e até 5 de outubro quanto a impressos. A votação ocorrerá no dia seguinte. O calendário já foi aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Desaprovou – Depois do Diretório Municipal do Avante, mais um partido enfrentou problemas com a Justiça Eleitoral referentes ao balanço de 2018. O Solidariedade teve a prestação de contas relativa à campanha do ano passado desaprovada, graças a inconsistências nos dados e intempestividade do processo, além da falta de conta e extratos bancários da eleição.

Bloqueio – Com o argumento de ausência de movimentação financeira pelo SD, o juízo eleitoral considerou o fato de menor gravidade, levando à desaprovação –e não declaração de não prestação– das contas, levando à suspensão de repasses do fundo partidário por três meses.

A verificar – No caso do Avante, a cúpula municipal havia apontado problemas na apresentação dos dados, que teriam sido corrigidos. No caso do SD, seu presidente municipal e pretenso candidato em 2020, o deputado estadual Lucas de Lima, disse que assumiu o comando da agremiação neste ano e ainda analisará o impacto da decisão.

Luto – Faleceu na madrugada desta sexta-feira (23), aos 81 anos, o advogado Evandro Paes Barbosa. Paranaibense que atuou na profissão por mais de 50 anos, ele foi responsável pela instalação da Subseção de Campo Grande da Ordem dos Advogados do Brasil, ainda no Mato Grosso Uno, atuando ainda como conselheiro federal da entidade. O velório e o sepultamento ocorreram no cemitério Parque das Primaveras.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions