A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


23/12/2014 06:00

Polícia tem dinheiro para lançar livro, mas não compra material de R$ 10

Edivaldo Bitencourt

Acordo – O PMDB e o governador eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) firmaram um acordo para a manutenção de alguns técnicos do segundo escalão. Eles pertencem ao PMDB, mas vão colaborar com o novo governo a partir de janeiro.

Cotado – Um dos nomes certos na administração é o do atual secretário estadual de Fazenda, Jader Rieffe Julianelli Afonso. Ele vai continuar como superintendente e será uma espécie de braço direito do novo chefe do fisco, Márcio Monteiro. O acordo é mantê-lo na pasta por dois anos.

Adjunta de três – A primeira-dama Fátima Azambuja vai ter nenhum cargo no primeiro escalão do marido. No entanto, ela destacou vai atuar como uma espécie de secretário adjunto da Educação, Saúde e Assistência Social. “O meu compromisso é com o social”, destacou.

Quebrando protocolos – Fátima contou que "assim como é de regra" não vai ocupar nenhum cargo na gestão de Reinaldo Azambuja. O tucano ainda frisou que a mulher vai trabalhar bastante no social, mas sem receber um tostão pelos préstimos aos sul-mato-grossenses.

Impasse – Ademar Júnior, ex-presidente da Famasul, não quis ir para a Secretaria de Produção e Agricultura Familiar e criou um impasse no novo escalão. Agora, com o adiamento do nome para 1º de janeiro, Reinaldo ganha tempo para convencê-lo a aceitar o novo posto.

Meritocracia - Reinaldo anunciou que os "colaboradores" deveriam ganhar até 14º salário por bom rendimento. Ele ainda destacou que essa questão de "devolver' os funcionários para o seus locais de origem gerou um descontentamento, no entanto, a tônica do seu governo será a valorização do funcionalismo.

Renúncia – O Diário Oficial de Campo Grande publicou, ontem, a renúncia ao mandato de vereadora de Rose Modesto de Oliveira, eleita vice-governadora do Estado. No entanto, o documento só tem validade a partir de 31 de dezembro deste ano. Com a medida, ela garante o salário integral de vereadora.

Equipe do plantão - A Câmara Municipal definiu a equipe que fará o plantão de fim de ano. Eles vão trabalhar de 23 de dezembro a 1º de fevereiro. A equipe é composta por Ayrton Araújo (PT), Paulo Pedra (PDT), Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), Magali Picarelli (PMDB) e Chiquinho Telles (PSD).

Miséria – Delegados da Polícia Civil estão revoltados com a falta de materiais básicos nas delegacias. Enquanto o atual diretor-geral, Jorge Razanauskas, promove o lançamento de livro, as unidades sofrem com a falta de um simples livro de registro, que custa R$ 10.

Congestionamento – Apesar da chuva, o trânsito ficou congestionado ontem à tarde no Centro de Campo Grande. O transtorno exigiu paciência dobrada dos motoristas e irritou até o Corpo de Bombeiros, que reclamou do tumulto nas vias centrais.

(colaboraram Angela Kempfer e Michel Faustino)

 

#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...
Deputada não reeleita critica regras
Justificativa - A deputada Mara Caseiro (PSDB) comentou ontem na Assembleia Legislativa que não se elegeu pelas regras da legenda, já que sua votação...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions