ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 19º

Jogo Aberto

Prefeito e vereador travam duelo por secretaria

Por Edivaldo Bitencourt | 25/06/2014 06:00

Solidariedade - A primeira-dama Andréia Olarte afirmou que sempre conta com o carinho e o amor do prefeito Gilmar Olarte (PP) para enfrentar os dias frios. Romântica, ela destacou que ele é o seu “cobertor de orelha”. A declaração foi feita durante o lançamento da campanha do agasalho do município.

Antes tarde do que nunca – A Prefeitura lançou a campanha para arrecadar cobertores e agasalhos durante 30 dias. Apesar do frio ter chegado à Capital há mais de um mês, o município decidiu esperar a chegada oficial do inverno para recorrer à solidariedade para ajudar as famílias carentes.

Dubai – O prefeito Gilmar Olarte está lutando para transformar Campo Grande em cidade irmã de Dubai, a famosa cidade planejada nos Emirados Árabes. Ele pretende trazer grandes investimentos para a cidade com a parceria.

CPI de novo – O vereador Chiquinho Telles (PSD) resolveu ressuscitar a CPI da Folia. Após a investigação perder força na Câmara Municipal, ele apresentou novo requerimento para buscar fatos novos e forças para iniciar a investigação. Para tirar a CPI do papel, ele espera contar com o apoio do prefeito Gilmar Olarte.

Mais um cabide – O prefeito e o legislativo travam uma queda de braço em torno da criação da Secretaria Municipal de Ação Comunitária. Olarte resiste em criar mais cargos na administração municipal, que deverá onerar os cofres públicos. Na sua avaliação, falta dinheiro para a nova pasta.

Sobrecarregado – Os vereadores, liderados por Chiquinho e Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), alegaram que a nova pasta vai dar mais tranqüilidade ao secretário municipal de Obras, Semy Ferraz. Ele está muito sobrecarregado e ficaria mais “leve” com a criação de mais uma secretaria municipal.

Chocolate – Desafeto de Alcides Bernal, o vereador Waldecy Chocolate (PP) recebeu o convite oficial para ser candidato a deputado estadual. O curioso é que o partido é comandado pelo ex-inimigo. Bernal anda “bonzinho”porque pretende buscar apoio para ser o candidato a senador pela sigla.

Suplente – O vereador Paulo Pedra (PDT) sonha em ser suplente de Bernal. Como o ex-prefeito foi cassado e teve os direitos políticos suspensos, ele pode ser eleito e não assumir. Neste caso, Pedra “ganharia” o cargo de senador na esteira do ex-prefeito.

Justiça – O PTB bateu o martelo e a maioria optou pela aliança com o PT, que terá Delcídio do Amaral como candidato a governador. No entanto, depois de se amotinar, Aluizio Borges, decidiu ir à Justiça para tentar impor sua vontade e garantir à sua candidatura a governador.

Férias extra – O secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, não foi o único integrante do primeiro escalão a tirar férias extra após 90 dias no cargo. O procurador-geral do Município, Fábio Leandro, também ganhou um descanso de sete dias, conforme decreto publicado no Diário Oficial de segunda-feira.

(colaboraram Cleber Gellio e Kleber Clajus)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário