A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/12/2012 06:00

Resistente

O prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal, voltou a atribuir a íntegra da responsabilidade por qualquer ato da administração municipal, até 31 de dezembro, a Nelson Trad Filho, dizendo que só responde a partir daí. Irritado, ele fez a afirmação diante da informação de que poderia perder recursos federais no seu primeiro ano de mandato por conta da falta de renovação de convênios.

A frase
“Ora, todos sabem que o atual prefeito responde pela administração até 31 do 12 de 2012 e se não houver renovação de convênio é porque ele se omitiu”, esbravejou Bernal.

Não é bem assim
De fato, Bernal só assume em janeiro, mas quem conhece política tem comentado que, em meio a uma troca de administração, é esperado que o sucessor se posicione sobre as decisões que vão afetar sua administração. Bernal demorou a fazer isso, e em alguns casos, se omitiu de fazê-lo, o que começa a gerar os primeiros desgastes, como por exemplo com os vereadores.

 

Saudações
Políticos de Mato Grosso do Sul parabenizaram o Corinthians no desembarque, ontem (18), em São Paulo (SP). O senador Delcídio do Amaral (PT), sãopaulino “roxo” soltou: “E o Curingão voltou”, por meio de sua página no Facebook. “São Paulo está parando hoje. Ninguém ‘guenta os Loko’”.

Sorte ou competência?
O deputado federal Luiz Henrique Mandetta também usou sua página para destacar a recepção aos corintianos, mas, para ele, a equipe também contou com sorte na conquista. “Corinthians mostrou conjunto de quem sabe o que quer, contando com a sorte e competência. Merecida vitória, provando que São Jorge é Guerrero até na terra do Sol Nascente”.

Super sincero
Franco até demais, o deputado estadual Pedro Kemp revelou seus desejos ao comentar sobre o pedido de licença de viagem ao exterior do governador André Puccinelli (PMDB), em férias, de 19 de janeiro a 9 de fevereiro, matéria que passou pela aprovação dos deputados estaduais ontem.

Brincadeira
“Eu desejo que ele vá com Deus e fique por lá (exterior); se quiser uma prorrogação eu topo”, disse, aos risos.

Destino incerto
Deputados da base do governador não souberam informar o destino de Puccinelli nas férias. Líder do Governo na Assembleia, o deputado Junior Mochi comentou que consultou o governador sobre o assunto. O chefe do Executivo Estadual apenas informou a Mochi que seu genro está cuidando do destino nas férias e o roteiro da família no período.

Família
Em clima de fim de ano, Puccinelli reuniu a esposa, os três filhos e os netos, a quem promete se dedicar depois de se aposentar da política, para desejar boas festas na televisão. A gravação começou a ser veiculada esta semana.

Não foi
Suplente na votação deste ano, a atual vereadora Magali Picarelli não compareceu ontem à diplomação pela Justiça Eleitoral. O nome dela ecoou na sala durante a chamada, e ninguém surgiu para receber o documento. A ausência provocou comentários lembrando as reclamações da vereadora sobre o fato de não ter sido reeleita. 

 

 

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions