A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/12/2012 06:00

Resistente

O prefeito eleito de Campo Grande, Alcides Bernal, voltou a atribuir a íntegra da responsabilidade por qualquer ato da administração municipal, até 31 de dezembro, a Nelson Trad Filho, dizendo que só responde a partir daí. Irritado, ele fez a afirmação diante da informação de que poderia perder recursos federais no seu primeiro ano de mandato por conta da falta de renovação de convênios.

A frase
“Ora, todos sabem que o atual prefeito responde pela administração até 31 do 12 de 2012 e se não houver renovação de convênio é porque ele se omitiu”, esbravejou Bernal.

Não é bem assim
De fato, Bernal só assume em janeiro, mas quem conhece política tem comentado que, em meio a uma troca de administração, é esperado que o sucessor se posicione sobre as decisões que vão afetar sua administração. Bernal demorou a fazer isso, e em alguns casos, se omitiu de fazê-lo, o que começa a gerar os primeiros desgastes, como por exemplo com os vereadores.

 

Saudações
Políticos de Mato Grosso do Sul parabenizaram o Corinthians no desembarque, ontem (18), em São Paulo (SP). O senador Delcídio do Amaral (PT), sãopaulino “roxo” soltou: “E o Curingão voltou”, por meio de sua página no Facebook. “São Paulo está parando hoje. Ninguém ‘guenta os Loko’”.

Sorte ou competência?
O deputado federal Luiz Henrique Mandetta também usou sua página para destacar a recepção aos corintianos, mas, para ele, a equipe também contou com sorte na conquista. “Corinthians mostrou conjunto de quem sabe o que quer, contando com a sorte e competência. Merecida vitória, provando que São Jorge é Guerrero até na terra do Sol Nascente”.

Super sincero
Franco até demais, o deputado estadual Pedro Kemp revelou seus desejos ao comentar sobre o pedido de licença de viagem ao exterior do governador André Puccinelli (PMDB), em férias, de 19 de janeiro a 9 de fevereiro, matéria que passou pela aprovação dos deputados estaduais ontem.

Brincadeira
“Eu desejo que ele vá com Deus e fique por lá (exterior); se quiser uma prorrogação eu topo”, disse, aos risos.

Destino incerto
Deputados da base do governador não souberam informar o destino de Puccinelli nas férias. Líder do Governo na Assembleia, o deputado Junior Mochi comentou que consultou o governador sobre o assunto. O chefe do Executivo Estadual apenas informou a Mochi que seu genro está cuidando do destino nas férias e o roteiro da família no período.

Família
Em clima de fim de ano, Puccinelli reuniu a esposa, os três filhos e os netos, a quem promete se dedicar depois de se aposentar da política, para desejar boas festas na televisão. A gravação começou a ser veiculada esta semana.

Não foi
Suplente na votação deste ano, a atual vereadora Magali Picarelli não compareceu ontem à diplomação pela Justiça Eleitoral. O nome dela ecoou na sala durante a chamada, e ninguém surgiu para receber o documento. A ausência provocou comentários lembrando as reclamações da vereadora sobre o fato de não ter sido reeleita. 

 

 

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions