A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/12/2015 06:00

Sem lei, IPTU subiu muito acima da inflação

Edivaldo Bitencourt

Boas vindas – O deputado estadual Márcio Fernandes está na expectativa de se sentir em casa no PMDB. Ontem, ele conversou com a bancada do partido na Assembleia Legislativa. Ele destacou que mantém um bom relacionamento com os deputados estaduais Junior Mochi, Eduardo Rocha, Antonieta Trad e Renato Câmara.

Finalmente – Márcio contou que resistiu ao máximo aos convites do ex-governador André Puccinelli, para ingressar no PMDB. A vida do deputado ficou mais fácil após o Congresso Nacional aprovar uma janela para quem deseja mudar de partido. Ele é pré-candidato a prefeito da Capital pelo PMDB.

Auditoria – O prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP), ainda não concluiu a auditoria feita no contrato mantido com a Solurb. A concessionária do lixo teria praticado inúmeras irregularidades, como capinar grama onde não existe. A empresa sempre contesta as acusações feitas por Bernal.

Novo tempo – A Câmara Municipal empossa, na sexta-feira, os dois novos vereadores: Lívio Viana (PSDB) e Roberto Durães (PT). Eles assumem a vaga de Delei Pinheiro (PSD) e Thais Helena (PT). Na atual legislatura, oito dos 29 vereadores já foram substituídos.

Luta – O senador Delcídio do Amaral, suspenso do PT por 60 dias, inicia, nesta quinta-feira, a luta para salvar o mandato. Com a abertura do processo de cassação pelo Conselho de Ética do Senado, ele passa a correr contra o tempo para evitar a perda da vaga.

Confissão – Colocado na pareda pelos policiais federais, o pecuarista José Carlos Bumlai acabou confessando as irregularidades praticadas. Ele admitiu que emprestou R$ 12 milhões do Banco Schahin para pagar dívidas do PT em Campinas e Santo André.

Amigo – Bumlai também falou sobre a amizade com o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lhe deu a notoriedade. Ele contou que é amigo do petista, mas, como uma espécie de código de conduta, eles não conversavam sobre negócios e política durante os encontros.

Amigo – O deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM), é o autor da ação no Supremo Tribunal Federal contra a cobrança da taxa de vistoria veicular em Mato Grosso do Sul. Ele vai contra o Governo estadual, sob o comando do aliado, Reinaldo Azambuja (PSDB).

IPTU – Ainda vai dar pano para manga o aumento abusivo no valor do IPTU. Apesar de Alcides Bernal propagar reajuste de 9,57%, muitos contribuintes estão levando um grande susto ao ver o valor do tributo. Há casos em que o reajuste foi de 600% em imóveis sem benfeitoria.

Ilegal – O aumento no valor do IPTU acima da inflação é ilegal. Como Bernal corrigiu o valor do tributo por decreto, ele não poderia elevar o valor cobrado além dos 9,57%. O caso ainda deverá ser investigado pela Câmara Municipal.

(colaborou Leonardo Rocha)

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions