A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/04/2016 06:00

Sessão do impeachment é marcada por 'aparição'

Waldemar Gonçalves e Priscilla Peres

Aparição - O ex-governador André Puccinelli (PMDB) fez uma aparição no mínimo inusitada durante a votação do impeachment. Ontem, ainda no começo da sessão, na parte do discurso das lideranças, ele apareceu atrás do deputado baiano Antonio Imbassahy, líder do PSDB, que ocupava a tribuna naquele momento. Já ao fim da votação, falou que, caso seja convidado, não aceitará compor ministério em uma eventual gestão de Michel Temer na Presidência.

Engano - Em Brasília, durante a votação do impeachment, Mato Grosso do Sul não passou em branco em relação à 'tradicional' confusão. E olhe que desta vez nem foi a ausência do "do Sul". Geraldo Resende (PSDB) votou 'sim' e, na hora de ter a decisão computada, o relator creditou o deputado como sendo um tucano de Minas Gerais.

Protesto - A equipe da TV Morena, afiliada Globo em Campo Grande, foi ignorada pelo manifestantes contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Em claro protesto contrário à emissora, as pessoas que ocupavam a praça Ary Coelho ontem à tarde se recusaram a dar entrevistas para os repórteres da emissora.

Na rede - Os deputados federais de MS fizeram questão de ressaltar nas redes sociais os votos dados na sessão do impeachment. Carlos Marun (PMDB) fez posts para deixar claro "seu protagonismo" no processo. Do outro lado, Zeca (PT) compartilhou imagens em apoio ao partido, à presidente Dilma e ao ex-presidente Lula.

Quieto - Enquanto o clima fervia em Brasília, o cenário político de Campo Grande foi de aparente tranquilidade. Poucas pessoas foram às ruas e a grande maioria assistiu à votação de forma pacífica, sem grandes aglomerações. Os políticos também assistiram com poucas manifestações, à exceção dos deputados federais. 

Trabalhando - O prefeito, Alcides Bernal (PP), tentou mostrar serviço no domingo, mesmo com todas as atenções voltadas para o cenário nacional. Ainda de manhã, ele disse que iria acompanhar a votação em reunião com seus secretários. Saúde e infraestrutura foram os temas principais.

Cansativo - Entre as situações que mais chamaram a atenção durante a votação de ontem foram as justificativas dadas pelos deputados ao falar do voto. Enquanto a bancada estadual ressaltou Mato Grosso do Sul, boa parte dos parlamentares representando Brasil afora falou de família e religião, gerando várias críticas e piadas nas redes sociais.

E agora? - Uma incógnita toma conta do PSDB em Dourados. O que fazer com Marçal Filho. O ex deputado esperava ser candidato a prefeito, mas o partido tem outro nome para a disputa: o deputado federal Geraldo Resende.

 

Próximo - Ninguém admite abertamente, mas o prefeito de Dourados, Murilo Zauith (PSB) trabalha nos bastidores pela candidatura de Renato Câmara à sua sucessão. Adversário de Geraldo Resende e Délia Razuk, Murilo ficou sem opção para apoiar na eleição.

 

Bella de onde? - A banda campo-grandense Bella Xu se apresentou ontem no programa global Super Star, mas teve que fazer um vídeo para explicar que os integrantes são de Mato Grosso do Sul e não de São Paulo, como anunciado. Os meninos moram há dois anos na capital paulista em busca da fama e, nas redes sociais, fazem questão de lembrar das origens.

(com a redação)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions