ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Terror noturno

Por . | 18/03/2013 06:08

Caro – Os boatos e os ataques dos criminosos custou caro a alguns comerciantes da Capital. Boates, como o Lendas, locaram estacionamentos para dar tranqüilidade aos clientes. Em outros tempos, ninguém se importava de deixar o carro na rua.

Terror 2 – O Bodega transferiu a apresentação da banda Naip, de ontem para abril, por causa dos ataques criminosos na Capital. O bar abriu normalmente, mas reforçou a segurança e ainda suspendeu a cobrança da entrada para tranqüilizar os freqüentadores.

Popularização – O novo diretor-presidente da Fundac, Júlio Cabral, aposta na popularização da cultura em Campo Grande. Uma das prioridades é levar atividades culturais para todas as regiões da Capital.

Noite da Seresta – A Prefeitura da Capital deve manter o projeto Noite da Seresta, uma das marcas da gestão do PMDB na área da cultura. Cabral estuda usar o projeto para expor os talentos regionais da Capital.

Teste de fogo – O prefeito Alcides Bernal (PP) deve ter a primeira prova de fogo ainda antes da Páscoa. Ele promete enviar um projeto para a Câmara Municipal nesta semana. Com apenas sete “aliados” no legislativo, ele deverá apostar no clima cristão para tentar conquistar os parlamentares.

Encontro – O lançamento da Expogrande, hoje na Acrissul, promete reunir toda a cúpula política, de todas as ideologias. Chico Maia promete reunir Bernal, André Puccinelli, deputados, senadores e pecuaristas no mesmo espaço.

Guerra – Com a sanção da mudança na Lei do Silêncio, hoje, pelo prefeito Alcides Bernal, o Ministério Público Estadual ainda pode recorrer à Justiça para suspender a Expogrande. Na recomendação para cancelar o evento, o promotor Alexandre Raslan cita lei federal para manter a luta para garantir a tranqüilidade dos moradores do entorno do Parque Laucídio Coelho.

Assinaturas – A disputa pelo comando do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais da Capital) continua acirrada. Enquanto o atual presidente, Marcos Tabosa, articula os reajustes, a outra turma busca assinaturas para defenestra-lo do cargo a tempo de reassumir as negociações sobre o reajuste deste ano.

Três Lagoas – No plano de negócios 2013-2017, a Petrobras cita como meta a conclusão da unidade de fertilizantes de Três Lagoas. O segmento de gás e energia terá US$ 5,9 bilhões no período.

Quase lá – As críticas ao prefeito pelo dono do Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues, seguem firmes. Ontem, o empresário disse que “ainda não está pronto o gabinete do Bernal, na Clínica Carandá, especializada em parnóicos. Mas tá quase”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário