ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

TJ faz alerta a magistrados sobre advogado "predador"

Por Lucia Morel, Anahi Zurutuza e Jackeline Oliveira | 24/10/2023 06:00
Advogado Luiz Fernando Cardoso Ramos em foto postadas nas redes sociais (Foto: Reprodução)
Advogado Luiz Fernando Cardoso Ramos em foto postadas nas redes sociais (Foto: Reprodução)

Na mira – As ações em trâmite do advogado Luiz Fernando Cardoso Ramos, acusado de “predar” a Justiça, estão na mira do Judiciário sul-mato-grossense e os clientes dele, ou supostos clientes, também. O Tribunal de Justiça de MS, através do Numopede (Núcleo de Monitoramento do Perfil de Demandas), expediu orientação para que juízes e desembargadores que se depararem com processos propostos pelo profissional ou por outros defensores ligados a ele, façam investigação prévia antes de tomar decisões.

De juiz a investigador – A ideia do TJMS é que os magistrados primeiro identifiquem se os autores das ações realmente desejaram acionar a Justiça para cobrar os bancos e se as petições são posteriores a 5 de julho deste ano, quando a organização encabeçada por Luiz Fernado foi presa da Operação Arnaque, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

Suspensos – Luiz Fernando, assim como os advogados Alex Fernandes da Silva, Josiane Alvarenga Nogueira, Iolanda Michelsen Pereira, Nathália Michelsen Pereira e Thiago Cardoso Ramos, estão suspensos judicialmente de atuarem e tiveram seus certificados digitais – que assinam eletronicamente os processos – cancelados, por tempo indeterminado. O Campo Grande News já havia publicado material que mostrava Luiz Fernando assinando petições mesmo após ser preso, o que em tese, configuraria “falsidade ideológica”, já que outra pessoa estaria usando o registro dele para dar andamento ou propor ações. Todos continuam presos preventivamente.

De volta – De volta a Campo Grande após viagem aos Estados Unidos, o delegado-geral, Roberto Gurgel, participou de dois eventos que depois foram tornados públicos, via assessoria de imprensa: a posse do novo comandante do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança), o coronel do Corpo de Bombeiros, Danilo Santos Moreira Leite, e reunião com o superintendente da PF (Polícia Federal), Agnaldo Mendonça Alves. Com a “agenda cheia”, ele não atendeu às ligações do Campo Grande News, que tentava saber do andamento da investigação sobre descoberta de “depósito” do jogo do bicho na Capital. O caso, por enquanto, está nas mãos do chefe da Polícia Civil.

Máquinas novas – O encontro na PF foi para tratar da doação de 40 notebooks da Polícia Federal à Polícia Civil. O delegado-geral terá de encontrar tempo nesta semana também para decidir quais delegacias serão beneficiadas com as máquinas novas.

Animador de plateia – Durante a cerimônia de inauguração do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) Márcia Zen, no Bairro Guanandi, a prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (PP), relatava o quanto fica angustiada ao passar em frente a uma unidade de saúde e ver que há muito tempo, o prédio não recebe manutenção. Listou obras já feitas desde que passou a administrar a cidade e ainda lamentou o preconceito que ainda vem sofrendo, por ser a primeira mulher a dar ordens do Paço Municipal. Nesse momento, um servidor gritou: “Viva a prefeita!”. Passado o impacto com a atitude fervorosa do funcionário, que causou segundos de silêncio, a plateia aplaudiu.

Confete – No mesmo evento, o deputado federal Luís Ovando (PP) também jogou confetes para a prefeita e de quebra fez autoelogio. “Onde tem o comando do PP temos bons resultados”, afirmou o parlamentar, que lembrou também o “excelente” trabalho feito pela senadora Tereza Cristina por Mato Grosso do Sul.

Atualização – O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) aproveitou reunião com o presidente do Paraguai, Santiago Peña, como representante do Brasil no Parlasul (Parlamento do Mercosul) para contar como andam as obras da Rota Bioceânica no lado brasileiro. O encontro aconteceu em Washington, nos Estados Unidos.

Preservação – Tanto o senador quanto o presidente paraguaio participam de um fórum para debater a conservação do Meio Ambiente de forma a não frear investimentos. Na manhã de ontem (23), durante mesa redonda, Trad falou sobre a importância de discutir meios de preservar o Pantanal e o Chaco do Paraguai, umas vez que os dois biomas estão interligados. “Os dois países precisam de apoio internacional pela sua conservação”, afirmou o parlamentar sul-mato-grossense.

Área isolada – A Defesa Civil de Três Lagoas precisou interditar a passagem de pedestres e isolar uma área na praça central de cidade porque abelhas resolveram fazer a estátua em homenagem ao ex-senador Ramez Tebet de casa. Equipe de apicultores foi montada e conseguiu fazer a “mudança” do enxame para local adequado.

Nos siga no Google Notícias