ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  24    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

TV muda de nome em MS e troca 2 jornais por 1 popular

Por Ângela Kempfer | 23/11/2020 06:00
Brejinho durante programa musical, que vai acabar. (Foto: reprodução)
Brejinho durante programa musical, que vai acabar. (Foto: reprodução)

O retorno - O nome não vingou e a TV Interativa volta a usar TV Guanandi a partir desta segunda-feira (23). Depois de 27 anos no ar, a mudança para TVI foi aposta em 2016, mas não emplacou.

2 em 1 - Propriedade do missionário R.R Soarez, da Igreja Internacional da Graça de Deus, além de voltar às origens, a TV Guanandi também lança nova programação. Os dois telejornais serão substituídos por 1 só: O Band Cidade

Jornal do Brejinho - A guinada não é das maiores na linha editorial, mas na  apresentação...Quem assume é Brejinho, radialista conhecido por programa musical sertanejo. Agora, ele vai tentar desbancar Tatá Marques, do SBT com jornalismo popular.

Dois em 1 - O estranho nessa briga pela audiência é que o diretor executivo, Maurício Andreoli, responde tanto pela programação do SBT em Mato Grosso do Sul, quanto da nova TV Guanandi.

Força pantaneira - O Instituto Homem Pantaneiro saiu fortalecido em ano de queimada histórica no Pantanal. Além de virar referência na cobertura da imprensa nacional e até internacional, ontem foi reconhecido várias vezes durante live do cantor Luan Santana, transmitido direto da Serra do Amolar.

Tramite virtual - O projeto Juízo 100% Digital chegou ao Tribunal de Justiça do Mato do Sul. Portaria de adesão foi publicada na sexta-feira (20), com as diretrizes para a implantação da proposta criada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), para incentiva à Justiça Digital.

Justiça seja feita - Dois leitores enviaram ainda na madrugada de domingo vídeos de boate lotada. Mas não, não é da Valley. Para “fazer justiça”, os dois criticaram casa noturna da Rua Marechal Rondon, a Daza. “Tem de fazer justiça, não é só a Valley”, né, diz o servidor público Adriano Brandão. O Campo Grande News entrou em contato com a organização da festa de sábado, mas ninguém retornou às ligações.

Valor jurídico - A ideia é, inclusive, reduzir gastos com deslocamento de magistrados, servidores, advogados e partes, acabando com atos processuais presenciais, como audiências e sessões. A meta é que tudo seja exclusivamente realizado por videoconferências, gravadas em áudio e vídeo, e inseridas no processo com valor jurídico equivalente às convencionais.

Pós para brancos - As cotas para graduação em universidades federais ainda não garantiram igualdade na pós. Pesquisa com dados do MEC indicam que apenas 1 em 4 estudantes de mestrado ou doutorado são negros.

Bolada - Os concursos públicos minguaram em ano de eleição, mas pelo Brasil ainda há muitas opções para os concurseiros. São 19.254 vagas em várias regiões do País e com salários de até R$ 33,7 mil, caso do Tribunal de Contas do Distrito Federal .

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário