A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


12/12/2016 06:00

Uma prestação de contas de assustar na prefeitura

Ângela Kempfer

De assustar - O futuro gestor da saúde de Campo Grande, Marcelo Vilela, avaliou como terrível a prestação de contas da atual administração. Durante entrega do Centro Obstétrico da Santa Casa, na sexta-feira (9), ao ser questionado sobre como vai receber a saúde, disse na frente do atual adjunto da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Victor Oliveira, que ainda não sabe, porque a prestação “foi terrível”.

Dessa vez vai - Depois de entregar uniformes escolares no meio do ano, Alcides Bernal garante que a licitação sairá, mas não definiu datas. Disse apenas que será "o quanto antes possível" e que tudo já está acertado com a comissão de transição.

Dinheiro para Cultura – No Estado, diante do possível remanejamento da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, a secretária-adjunta Andréa Freire preferiu comentar apenas sobre o aumento nos cachês pagos pelo governo aos artistas locais, que quase triplicou na atual gestão.

Vai cortar? - Outra secretaria que aparece na ponta da faca é a Sedhast (Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) que já perdeu inclusive sua gestora, visto que a vice-governadora Rose Modesto (PSDB) não reassumiu a pasta após disputar a prefeitura da Capital. Porém, no Governo ninguém confirma nada.

Otimista - O diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Marcelo Miranda, afirmou que as obras no estádio Morenão estão andando rápido. Ele acredita que até o fim deste ano tudo esteja pronto. As estruturas de guarda-corpos já estão instaladas, conforme Miranda, e o Campeonato Estadual do próximo ano deverá ser realizado lá, mesmo que o Morenão seja liberado parcialmente.

Quase pronto - Marquinhos Trad já anunciou alguns nomes do 1° escalão e garante fechar sua turma até a próxima quinta-feira, quando irá fazer a divulgação oficial dos nomes. Muitos já foram revelados e outros cotados. O perfil deles mostra que o prefeito eleito preferiu apostar em "homens de confiança", ao invés de indicação de outras legendas.

Em votação - A Assembleia Legislativa deve realizar eleição para mesa diretora na próxima quarta-feira (14), em uma chapa de consenso entre os deputados. Com a definição dos cargos mais importantes, como a presidência (Junior Mochi) e 1° secretária (Zé Teixeira), resta apenas concluir a composição, que tem ao todo sete integrantes.

Muita conversa - Mochi ressaltou que para acertar estes últimos detalhes, deve haver reuniões entre os deputados na segunda e terça-feira, para que seja concluído o acordo. O governo estadual trabalhou com afinco, para que não houvesse disputa de votos no legislativo. A intenção era evitar um "racha" na base aliada, que hoje conta com 20 parlamentares.

Fantasmas - Júnior Mochi também ponderou que o "veredito final" sobre a CPI dos Fantasmas, deve sair também nesta semana. O peemedebista já adiantou que a tendência é arquivar a investigação, alegando que existe uma apuração em andamento no MPE (Ministério Público Estadual) e que o Legislativo vai contribuir no que for possível.

Marcados - Site criado em Mato Grosso do Sul, o Reclame Aqui criou um mecanismo que grifa de roxo todos os políticos brasileiros que tenham condenação, indiciamento ou citação em investigação. Para ter acesso, é preciso instalar plugin compatível com o Google Chrome.

*Colaboração de Alberto Dias, Leonardo Rocha, Amanda Bogo e Yarima Mecchi.

Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...
MS cumpre "regra de ouro" na finança pública
Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas ...
Reinaldo diz que ação contra o crime não pode ser só no RJ
Mal gerido – Neste ano, o Ministério da Justiça e Segurança Pública gastou R$ 185,77 milhões do FNSP (Fundo Nacional de Segurança Pública), conforme ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions