ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 15º

Jogo Aberto

Vereador acusado de comandar corrupção opta por silêncio

Por Lucia Morel, Gabriel Neris, Maristela Brunetto e Gabriela Couto | 10/04/2024 06:00
Policial em frente à Prefeitura de Sidrolândia na 2ª fase da Operação Tromper (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Policial em frente à Prefeitura de Sidrolândia na 2ª fase da Operação Tromper (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

Silêncio – Convocado para interrogatório, o ex-secretário de Fazenda da Prefeitura de Sidrolândia e vereador de Campo Grande, Cláudio Jordão de Almeida Serra Filho, o “Claudinho Serra”, avisou que se recusará a responder às perguntas do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), que o investiga por esquema milionário de corrupção no interior.

Sem perder tempo – Com isso, a promotora Bianka Mendes, da 3ª Promotoria de Justiça de Sidrolândia, acatou o pedido para que ele não fosse tirado da cadeia para depor no Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) nesta quarta-feira (10), o oitavo dia do parlamentar na prisão. “Em atenção ao aludido direito constitucional [silêncio], defiro a dispensa de seu comparecimento para o interrogatório aprazado”, diz a promotora em parecer.

Dispensados – Quem também não será ouvido são os outros dois acusados de serem líderes do esquema que abalou as estruturas em Sidrolândia: os empresários Ueverton da Silva Macedo, o “Frescura”, e Ricardo José Rocamora Alves. E ainda o advogado Milton Matheus Paiva Matos. Isso porque, conforme Bianka, “já foram ouvidos em ocasião anterior no âmbito da Operação Tromper”. Assim, também foram dispensados.

De MS para MS – O advogado campo-grandense, Ênio Martins Murad, passou para a três-lagoense Diva Carla Bueno a defesa de Alexandre Correa, ex-marido da apresentadora Ana Hickmann. Alexandre é acusado de violência doméstica e tenta na justiça a guarda do filho de 9 anos.

Voando alto - A Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura), braço da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), está alçando vôos distantes, expandindo sua área da atuação. Essa semana foram publicados extratos de oito contratos para regularização de imóveis federais no Acre e no Pará. O trabalho envolve anteprojeto, demarcação, georreferenciamento e certificação de imóveis rurais.

Regularizar terras – O valor total das contratações a cargo da Fapec é de R$ 7,3 milhões. O menor dos contratos é assinado com a DMT Assessoria e Planejamento Ltda, de R$ 377 mil; o mais elevado foi assinado com a CCLB Topografia e Empreendimentos Eireli, o primeiro de área no AC e o segundo no PA. A DMT, aliás, assumiu 3 contratos, com valor de R$ 1,5 milhão.

Manicures e barbeiros – A Secretaria de Educação de MS aprovou sete cursos de aprendizado técnico para estudantes. O Estado é responsável pelo Ensino Médio, tendo 199 escolas e ensino em tempo integral. Cabelereiro, manicure, maquiador, barbeiro, operador de supermercado, cuidador infantil e recepcionista são as atividades que serão ofertadas na rede de ensino.

Profissionalizante – Conforme a Secretaria, os ensinamentos serão ofertados de acordo com a formação de turmas de interessados. Estas opções somam-se a outras formações já oferecidas aos jovens, em áreas como hotelaria, alimentação, agropecuária e industrial. Lembrando que jovens ainda têm acesso a formação técnica profissionalizante por entidades do Sistema S, como Senai e Senac.

Comitiva - Deputado estadual Pedro Pedrossian Neto (PSD) confirmou que estará em Brasília (DF) na próxima quarta-feira (17) para tratar da Malha Oeste com o ministro dos Transportes, Renan Filho. Com ele vão os prefeitos de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP), de Maracaju, Marcos Calderan (PSDB), de Ponta Porã, Eduardo Campo (PSDB) e há a possibilidade do prefeito de Dourados, Alan Guedes (PP) completar a comitiva. O objetivo é tratar da ligação da ferrovia entre Campo Grande e Ponta Porã, vislumbrando a Rota Bioceânica.

Direto para Brasília - Também foi anunciado nesta terça-feira (9), durante a sessão da Assembleia Legislativa, que toda a bancada do MDB estará em Brasília hoje (10) para uma agenda com a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet. O objetivo é fazer uma sintonia com os projetos do governo federal e debater como o partido pode auxiliar nessas conquistas para o Estado. Dentre as prioridades está a restauração do Rio Taquari.

Nos siga no Google Notícias