ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Vereador anuncia que vai encerrar carreira após próximo mandato

Por Marta Ferreira | 23/12/2020 06:00
Loester Nunes, 73 anos, diz que vai encerrar carreira política após o próximo mandato. (Foto: Divulgação)
Loester Nunes, 73 anos, diz que vai encerrar carreira política após o próximo mandato. (Foto: Divulgação)

Planos - O vereador de Campo Grande Loester Nunes (MDB) avisou aos vereadores que segue para o seu último mandato como vereador a partir se 2021. "Depois estarei encerrando minha carreira política".

Currículo – Loester tem 73 anos e carreira longa na política. Exerceu três mandatos como deputado estadual. Na Câmara, está em sua terceira vereança. Ele é médico, com 45 anos de profissão segundo sua biografia no site da Câmara.

Número – Na descrição sobre o vereador, chama atenção uma informação sobre sua atuação como ginecologista e obstetra. Segundo informado, já fez 50 mil partos.

Acompanhando – Também médico, o vereador eleito Jamal Salem (MDB) participou da sessão desta terça-feira (22) na Câmara de Campo Grande. Ele retorna ao Legislativo em 2021, depois de ter perdido a eleição passada.

Todo mundo - O vereador Carlos Borges, o Carlão (PSB), cotado para presidir a Câmara em 2021, comentou ontem a situação da pandemia de covid-19 citando a ‘democracia da doença. Disse que a covid-19 não escolheu suas vítimas é que desde “xeique a morador de favela” ficou com medo da doença. "Vamos torcer agora para esta vacina chegar logo", afirmou.

 Atendido - O vereador Roberto Santana dos Santos, o Betinho (Republicanos) revelou aos colegas que em um momento mais preocupante, quando estava com covid fez um pedido a Deus. "Que ele me desse a oportunidade de ver meus filhos de 7 e 10 anos crescerem", contou em tom emocionado.

Despedida - Cida Amaral (PSDB) pediu aos colegas que vão ficar na Câmara para assumirem as pautas para as mulheres. "Vai faltar mulher nesta Casa". Só Camila Jara (PT) toma posse no dia 1 de janeiro.

Positiva - Camila Jara, por sinal, entrou para a estatística dos infectados pelo novo coronavírus. Nas redes sociais, a petista disse que começou a ter sintomas no sábado e que está medicada contra a covid-19. Segue isolada, conforme relatou, depois de ter avisado todos com quem teve contato.

De casa - O diretor-presidente da Energisa Mato Grosso do Sul, Marcelo Vinhaes Monteiro, foi homenageado pela Câmara Municipal de Campo Grande com o título de cidadão campo-grandense. O reconhecimento foi proposto pelo vereador William Maksoud (PTB). O executivo é natural de Recife (PE).

Trajetória -  Marcelo Vinhaes começou sua carreira profissional como trainee no ano 2000, no Grupo Energisa. Onze anos depois, assumiu o cargo de diretor-técnico na Energisa Minas Gerais. Em 2014, foi designado para o Mato Grosso do Sul na mesma função. Em 2017 passou a comandar a distribuição de energia no estado, cargo que ocupa atualmente.

Vinhaes, à esquerda, recebe o título de cidadão de Campo Grande do vereador William Maksoud. (Foto: Divulgação)
Vinhaes, à esquerda, recebe o título de cidadão de Campo Grande do vereador William Maksoud. (Foto: Divulgação)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário