A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/03/2016 06:00

Vereador faz apelo a primeira-dama para ajudar prefeito

Waldemar Gonçalves
Mensagem em defesa da indústria tabagista nacional em campanha de combate ao contrabando (Foto: Marcos Ermínio)Mensagem em defesa da indústria tabagista nacional em campanha de combate ao contrabando (Foto: Marcos Ermínio)

Alma boa – Referindo-se a ela como “uma pessoa de alma boa”, o presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB), disse ontem que a primeira-dama de Campo Grande, Miriam Gonçalves, é a pessoa certa para ajudar o prefeito, Alcides Bernal (PP), no comando da cidade.

Críticas – Isto depois de discurso em que o tucano massacrou a gestão do pepista, chamando-o de incompetente, infantil e alucinado. Foi o primeiro pronunciamento dele neste sentido desde que assumiu o posto, em novembro do ano passado.

Afagos – Segundo Rocha, os problemas na administração municipal podem ser reflexos de que a primeira-dama está com alguma dificuldade em auxiliar o marido na condução de Campo Grande. “Se ela pudesse ajudar, interferir junto ao esposo, assim como faz as esposas dos vereadores, aconselhando, orientando, acalmando e afagando”, disse o vereador.

Apelo – O presidente da Câmara terminou o discurso com uma espécie de apelo. "A senhora é grande. Nos ajude. Ajude a população de Campo Grande. Consiga aconselhar o seu esposo. Em nome da minha esposa Rose, que já está melhor, graças a Deus”. O final é referência a conversa no ano passado em que, segundo o parlamentar, Miriam perguntou a ele sobre o estado de saúde da mulher.

Peemedebista – O deputado estadual Márcio Fernandes oficializa na próxima segunda-feira (7) sua filiação ao PMDB. Ele avalia a saída do PT do B como “tranquila e sem divergências”. “Recebi o convite do presidente do partido, Junior Mochi, e analisei o quanto o PMDB já contribuiu para o crescimento de Mato Grosso do Sul, aliás, em seu tempo, a Capital mesmo recebia inúmeros prêmios de referência, portanto pretendo ser mais um filiado que irá honrar a história do partido no nosso Estado”, detalha o parlamentar.

De baciada – Quem está aproveitando bastante a janela partidária é o PSDB. Três vereadores de Campo Grande anunciaram na sessão de ontem a filiação ao partido do governador, Reinaldo Azambuja. José Chadid retorna ao ninho tucano, após a anulação de sua expulsão, ocorrida em 2013, por ele ter permanecido como secretário de Educação de Alcides Bernal (PP). Magali Picarelli, que já assinou a filiação ontem à noite, também volta ao ninho depois de passar um período no PMDB. Flávio César deixou o PT do B depois de dois mandatos.

Sem inchar – Além dos citados, pelos menos outros quatro vereadores procuraram o PSDB nos últimos dias. Eduardo Cury (PT do B), Ademar Junior, o Coringa (PSD); Roberto Durães, que deixou o PT recentemente; e Paulo Siufi (PMDB), que conversou diretamente com Reinaldo sobre o assunto. Para o vereador Livio Leite, não há intenção de inchar a bancada do partido na Câmara Municipal. Alguns parlamentares serão orientados a procurar siglas aliadas dos tucanos.

PR no bloco – O deputado estadual Paulo Corrêa afirmou que, apesar da saída da sua colega de partido Grazielle Machado do bloco do PSDB, o PR continuará tanto na base quanto no grupo governista. “Foi uma decisão pessoal dela, que tem seus motivos, então temos que respeitar, mas eu continuo no bloco”.

Linha 085 – Pela primeira vez na história do Campo Grande News uma reportagem sobre música que não é sertaneja fica entre as mais lidas do dia. Mérito para a dupla Café com Leite, que, além de passar longe do estereótipo dos galãs de baladas universitárias, a notar a recepção dos leitores acertou em seu pop inspirado nas dificuldades do campo-grandense que depende do “busão” e vive com pouco dinheiro.

Cigarro e contrabando – “O contrabando está destruindo nossa indústria nacional de cigarros”. A frase, de conteúdo contestável em tempos de restrições cada vez maiores ao tabagismo, estava em uma das faixas penduradas em caminhões estacionados próximos à Receita Federal, em Campo Grande, ontem, onde foi apresentado o estudo que identifica Mato Grosso do Sul como principal rota do contrabando no Brasil.

(com a redação)

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions