ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 32º

Arquitetura

Aos 83 anos, morre Ruy Ohtake, idealizador do Aquário do Pantanal

Projetista sofria de câncer na medula e morte foi confirmada pelo irmão, Ricardo Ohtake

Por Gabriel Neris | 27/11/2021 10:40
Ruy Ohtake tinha 83 anos. (Foto: Antonio Basílio/Prefeitura de São José dos Campos)
Ruy Ohtake tinha 83 anos. (Foto: Antonio Basílio/Prefeitura de São José dos Campos)

Morreu na manhã deste sábado, aos 83 anos, em São Paulo, o arquiteto Ruy Ohtake, projetista do Aquário do Pantanal. De acordo com a Folha de São Paulo, ele sofria de câncer na medula e a morte foi confirmada pelo irmão, Ricardo Ohtake.

O Aquário do Pantanal conta com uma área de aproximadamente 27 mil m² e será o maior aquário de água doce do mundo, com 6,6 milhões de litros de água. Serão 135 espécies de peixes, sem contar com os mamíferos e répteis.

Os peixes serão distribuídos em 32 aquários, sendo que os outros em um “jardim aberto”, com lagunas, montado no centro da estrutura, que também contarão com espécies da flora de Mato Grosso do Sul.

O projeto promete ainda auditório, uma biblioteca digital, museu, Bionave, uma estrutura, com capacidade para 12 pessoas, onde passarão filmes, com a tecnologia “6D” e os visitantes poderão realizar voos e mergulhos pela biodiversidade do Pantanal.

Aquário do Pantanal durante dia de visitação. Expectativa é de que obras terminem em fevereiro. (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Aquário do Pantanal durante dia de visitação. Expectativa é de que obras terminem em fevereiro. (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Em outubro deste ano, o desembargador do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Marcos José de Brito Rodrigues, liberou R$ 10,7 milhões do projetista, da empresa Ruy Ohtake Arquitetura e Urbanismo e do engenheiro José Antonio Toledo Areias.

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul denunciou ilegalidades na contratação da empresa Fluidra, que assumiu serviço antes destinado à construtora Egelte, mas que acabou com a outra empresa depois de revisão do projeto de suporte à vida.

O juiz David de Oliveira Gomes Filho havia determinado o bloqueio de bens em ação de dano ao erário, ordenando o fim das constrições judiciais sobre o patrimônio do projetista. A defesa alegava que o projeto atendia aos pedidos da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreedimentos) e que não houve sobrepreço.

A previsão é de que as obras do Aquário do Pantanal sejam concluídas em fevereiro de 2022. O custo total da obra foi atualizado para R$ 230 milhões.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário