A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

17/10/2018 08:21

Casa de campo, dentro da cidade, é recanto para casal morar só 5 meses por ano

O resto do ano a casa fica disponível no Airbnb, mas por valor alto: R$ 2,5 mil a diária

Thailla Torres
Vista da piscina com borda infinita que parece continuar com a natureza. (Fotos: Divulgação Camicado)Vista da piscina com borda infinita que parece continuar com a natureza. (Fotos: Divulgação Camicado)

Arquitetura e natureza se encontram em uma residência na Chácara dos Poderes, em Campo Grande. É impossível ficar indiferente a beleza que o lugar esbanja logo que o portão de madeira abre. A paisagem com inúmeros tons de verde, muitas árvores, plantas ornamentais e um gramado bem cuidado foi o que fascinou um casal que há 13 anos veio da Bélgica para construir a residência que só é ocupada pelos donos durante cinco meses do ano.

O resto do tempo ela fica fechada, sob responsabilidade do caseiro e sua família que vive na propriedade de 4 hectares há alguns anos. Raramente o imóvel é alugado, mas quem tem interesse investe até R$ 2,5 mil na diária, sem permissão para festas, apenas descanso.

 

Casa foi projetada por Gil Carlos de Camillo e construída há 13 anos em Campo Grande.Casa foi projetada por Gil Carlos de Camillo e construída há 13 anos em Campo Grande.
Detalhes da fachada vermelha em contraste com o verde que predomina na área.Detalhes da fachada vermelha em contraste com o verde que predomina na área.

A sonhada casa de 200m² toda avarandada, que dispõe de cinco ambientes espaçosos, foi feita quando o casal veio conhecer o Pantanal e se apaixonou por Mato Grosso do Sul. Decididos a curtir mais do que a região pantaneira tem a oferecer, ergueram o imóvel em Campo Grande para reunir a família no período de férias.

O projeto encomendado e executado foi do arquiteto David Rees. Mas a decoração que no último mês encantou visitantes da residência foi do arquiteto Henrique Steyer, de Porto Alegre, que veio a cidade para um projeto diferente.

Pela beleza e arquitetura exuberante, a residência campo-grandense foi a única escolhida para representar a região Centro-oeste na promoção Casas do Brasil, da Camicado, rede lojas de produtos para casa e decoração, que escolheu e decorou cinco casas no País com intuito de mostrar cenários com estilo e tendências que possam inspirar.

A decoração com cores neutras não sobressai o entorno, que esbanja natureza.A decoração com cores neutras não sobressai o entorno, que esbanja natureza.
Na sala, arquiteto optou pela neutralidade com uma coleção inspirada na natureza.Na sala, arquiteto optou pela neutralidade com uma coleção inspirada na natureza.

Em Campo Grande o lugar ganhou tema “Casa Fazenda” onde o arquiteto priorizou o simples, para que clima e o contato com a natureza continuasse igual. “O objetivo foi deixar a casa com cara de campo, mas toda aquela natureza em volta ajuda e por isso eu precisava fazer algo à altura para que a decoração não brigasse com a o entorno que é encantador”, explica Henrique.

Por isso ele escolheu peças da coleção Beach e Country com inspirações litorâneas e campestres, a Oásis inspirada na natureza com uso de cactos e suculentas, além da Étnica que serviu para levar muita cor à residência e atrair os visitantes para pontos isolados da casa. “São coleções escolhidas para trazer aconchego e ao mesmo tempo neutralidade”.

Ao entrar na casa, a preferência arquitetônica dos donos e de visitantes está no segundo andar com um quarto gigantesco que tem uma vista incrível e duas saídas para a varanda que rodeia a casa. O mobiliário de madeira é o que traz toda rusticidade e a cama com mosquiteiro o charme.

Detalhes charmosos do quarto amplo, com duas saídas para a varanda que rodeia a casa. Detalhes charmosos do quarto amplo, com duas saídas para a varanda que rodeia a casa.
Madeira e coleção que traz aconchego.Madeira e coleção que traz aconchego.
Detalhes do banheiro. Detalhes do banheiro.

No percurso até o lado de fora, a varanda ganhou destaque pelo colorido e o aconchego dos sofás, almofadas e luminárias. “O que a gente conseguiu destacar foi a linha têxtil, usando muita manta, almofada e estampas variadas, algumas com texturas mais rústicas, outras mais sofisticadas, mas provando que tecido também pode ser usado no campo, o que não é tão usual. Não é preciso ficar só na madeira”.

A mesma decoração foi usada na área da piscina com “borda infinita”, que parece continuar com a natureza em volta.

A casa toda é protegida por portas de correr envidraçadas, por isso todos os ambientes têm vista privilegiada para a vasta vegetação, um belo lago e um jardim com uma variedade de plantas, que só favorece a natureza. “Sem dúvidas, essa casa é incrível, por ser isolada e ao mesmo tempo não ser tão longe do Centro. O efeito ao abrir o portão parece que estamos entrando em um paraíso fora da cidade”.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Detalhes da decoração étnica que trouxe cores à piscina. (Foto: Divulgação Camicado)Detalhes da decoração étnica que trouxe cores à piscina. (Foto: Divulgação Camicado)
Almofadas e pufês também completaram a decoração. (Foto: Divulgação Camicado)Almofadas e pufês também completaram a decoração. (Foto: Divulgação Camicado)
Vista privilegiada da piscina e no fundo o recanto que faz família morar só cinco meses ao ano. Vista privilegiada da piscina e no fundo o recanto que faz família morar só cinco meses ao ano.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.