A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

30/08/2017 06:15

Estilosa e prática, sala de jogos foi criada para poker e sinuca em família

Eduardo Fregatto
Sala de jogos foi pedido para reunir família e amigos. (Foto: Fellipe Lima)Sala de jogos foi pedido para reunir família e amigos. (Foto: Fellipe Lima)

Com o desejo de ter um espaço de lazer, principalmente para reunir os entes queridos, a família adepta da sinuca e do poker pediu a arquiteta Lara Aguero, de Campo Grande, que criasse uma sala de jogos. "A cliente queria reunir os familiares, os netos, no fim de semana", explica a profissional.

O resultado se tornou um ambiente estiloso, rústico mas com a vida conferidas pelas cores, que é ao mesmo tempo aconchegante e prático na hora da diversão e dos jogos.

Para criar a identidade visual da sala, a arquiteta conta que optou por misturar o estilo rústico com um toque clássico de cassino norte-americano. As banquetas têm pele de carneiro e as poltronas são do couro do animal. O tapete, todo quadriculado, também é em couro.

A mesa de poker, as poltronas e televisão do espaço. (Foto: Fellipe Lima)A mesa de poker, as poltronas e televisão do espaço. (Foto: Fellipe Lima)
A adega e a bancada em vermelho, para evitar aparência de copa. (Foto: Fellipe Lima)A adega e a bancada em vermelho, para evitar aparência de copa. (Foto: Fellipe Lima)

Já o estilo moderno aparece na parede adesivada, formando um painel que mostra cartas de baralho, e também nos pendentes industriais verdes, logo acima da mesa de sinuca.

"Naquela parede, do quadro dos baralhos, havia um quadro de luz. Então serviu, também, para esconder", explica Lara.

A sala de jogos fica nos fundos da casa, ao lado da piscina. É todo de vidro. "O teto é escurecido pra deixar mais aconchegante, já que existe muita claridade entrando pelos vidros", ressalta.

Ao fundo, a bancada da pia, feita de silestone, é vermelha, já que a cliente adora cores. "Além disso, tira o aspecto de copa", destaca a arquiteta. O vermelho também aparece no frigobar. Um jardim vertical, pra dar mais cor e mais vida ao espaço, toma parte da parede. "São plantas artificias, para não criar problemas de manutenção, folhas caindo, sujeira".

O espaço tem ainda uma adega e uma televisão. Tudo pensado para que a família não precisasse se deslocar no momento da confraternização.

"Foi criado mesmo pra ser um lugar completo pro lazer, pra recreação". Nesse caso especifico, alguns móveis já eram da cliente, como a mesa de sinuca, mas Lara estima que uma sala de jogos como essa tem um custo de cerca de R$ 60 mil.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

O jardim vertical acima da pia é artificial, para evitar manutenção. (Foto: Fellipe Lima)O jardim vertical acima da pia é artificial, para evitar manutenção. (Foto: Fellipe Lima)
A vista da sala para a piscina e jardim no fundo da casa. (Foto: Fellipe Lima)A vista da sala para a piscina e jardim no fundo da casa. (Foto: Fellipe Lima)



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.