A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 13 de Novembro de 2018

01/02/2018 08:05

No Taquarussu, túnel revela rancho que há 15 anos é o amor de Lineu e a família

Espaço foi criado para a felicidade do dono que sempre quis ter uma fazenda, ou pelo menos, um pedacinho dela dentro de casa.

Thailla Torres
Casa de madeira chama atenção de amigos, turistas e familiares de Lineu. (Foto: André Bittar)Casa de madeira chama atenção de amigos, turistas e familiares de Lineu. (Foto: André Bittar)

Acordar com o cheiro de mato vindo do quintal é uma das maiores conquistas do veterinário Lineu Almeida Tedrus, de 54 anos. Dono de uma casa cheia de encantos, na Vila Taquarussu, em Campo Grande, ele e a esposa trouxeram o estilo do interior para o meio da cidade, sem perder os costumes urbanos, mantendo a rusticidade que sempre fez parte da vida.

O carinho pela terra foi tanto que levou o morador a erguer paredes de madeira para dividir o lugar com pessoas do mundo todo. O espaço com aproximadamente 500 m², virou o refúgio da família, amigos e estrangeiros que descobriram o lugar pela internet.

Túnel é entrada para rancho. (Foto: André Bittar)Túnel é entrada para rancho. (Foto: André Bittar)
(Foto: André Bittar)(Foto: André Bittar)
Espaço todo de madeira. (Foto: André Bittar)Espaço todo de madeira. (Foto: André Bittar)

Da fachada até os fundos casa, o terreno foi tomado pelo verde. De São Paulo, graduado em Jaboticabal, Lineu chegou a Campo Grande há 28 anos, quando passou em um concurso público. Sem condições de ficar longe da cidade, o jeito foi usar a criatividade para transformar o ambiente na casa dos sonhos.

Foram 15 anos para, finalmente, observar da janela o que já virou sonho de muitos. "Eu sempre quis morar no mato, meu sonho mesmo era ter uma fazenda, mas morando na cidade e trabalhando, isso foi ficando de lado. Por isso, comprei esse terreno e fiz tudo do meu jeito".

Foi durante as visitas as fazendas, no interior, que Lineu garimpou boa parte dos materiais que hoje sustentam os apartamentos de madeira, um deck nas alturas, portões, revestimento das áreas de lazer e redário.

Porta rústica, preferida de Lineu. Porta rústica, preferida de Lineu.

Com tijolinhos à vista, Lineu também construiu um túnel, de aproximadamente 5 m², que começa no portão de ferro até a porta de madeira que se abre para o quintal. Característica que é difícil imaginar para quem está do lado de fora.

Despretensiosa, a decoração foi feita com móveis e objetos que eles já tinham, levando em conta o conforto e a simplicidade. As paredes carregam coleções do time do coração de Lineu, além de garrafas e penduricalhos que ganhou de amigos, outros relíquias de família. "Tem máquina de costura, de escrever e televisão antiga. Muita coisa é retrô pra manter aquela coisa de fazenda mesmo".

Nos fundos do terreno está uma casa de alvenaria construída para Lineu viver com a família. O restante do terreno é ocupado pela cozinha caipira, área gourmet, bar, piscina e os apartamentos de madeira construídos com janelas de frente para as árvores e o pôr-do-sol.

A presença dos animais é um show a parte. Toda manhã, segundo Lineu, tem tucano, arara, papagaios e uma diversidade de aves que cantam e encantam na janela de cada quarto.

Durante a entrevista, o filho, é quem recebe um casal da Suécia que chegou para conhecer o Pantanal. "É sempre assim, recebemos muitos estrangeiros. Quem vem de fora se apaixona por isso aqui, desde que resolvi colocar o rancho na internet".

Espaço é camarote para observar a natureza. (Foto: André Bittar)Espaço é camarote para observar a natureza. (Foto: André Bittar)
Redário para descanso coberto com mangueiro. (Foto: André Bittar)Redário para descanso coberto com mangueiro. (Foto: André Bittar)
Decoração cheia de achados da família. (Foto: André Bittar)Decoração cheia de achados da família. (Foto: André Bittar)

O que não falta é história de visitantes que passaram pelo túnel com vontade de ficar para sempre. "Do lado de fora você só imagina que é uma casa gosto, mas só aqui dentro as pessoas descobrem o nosso trabalho. E quem chega quer ficar para aproveitar esse cheiro de mato, as árvores e principalmente os pássaros".

A tranquilidade é tanta que surgiram promessas. "Recebi uma turma de alemães no ano passado que prometeram assistir a Copa do Mundo aqui com a gente. Só espero que dessa vez eles tragam sorte, para nosso Brasil claro", ri.

Além do verde que traz um frescor natural ao ambiente, Lineu resolveu investir, de um jeito simples, na captação de água da chuva. Usada na limpeza e irrigação de plantas. "Comprei esses tambores e adaptei para que fosse possível armazenar 1,2 mil litros de água", mostra.

Além de sossego, o lugar serve como diversão, aos fins de semana, com eventos fechados e sarau que acontece, pelo menos, uma vez por mês com música sertaneja, comida típica feita no fogão à lenha e, claro, a autenticidade dos donos.

O lugar não é ideal para quem busca luxo, em contrapartida, a presença de materiais naturais e acabamentos desgastados dão charme a decoração rústica. Exatamente o que garante a felicidade da família. "Agora posso dizer que tenho um pouquinho do meu sonho de ter uma fazenda aqui dentro da cidade, e com wi-fi", brinca.

Quem quiser conhecer o espaço, o contato com os donos é pela página do Facebook, clique aqui.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.


Fachada  lotada de trepadeiras chama atenção da rua. (Foto: André Bittar)Fachada lotada de trepadeiras chama atenção da rua. (Foto: André Bittar)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.