ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Arquitetura

Paisagens viram traços durante passeios on-line por MS

Por Thailla Torres | 18/08/2020 07:18
Recentemente grupo desenhou Gruta do Lago Azul. 
Recentemente grupo desenhou Gruta do Lago Azul.

Da Gruta do Lago Azul em Bonito aos detalhes da tradicional Morada dos Baís em Campo Grande. Cada cantinho histórico de Mato Grosso do Sul virou traço singelo na mão de quem compartilha paixão pelo desenho e faz parte do movimento Urban Sketchers, hoje, com mais de 80 membros por aqui.

Criado há pouco mais de um ano, o grupo reúne arquitetos, artistas e estudantes de arquitetura que usam as mais diversas técnicas artísticas, como aquarela, nanquim e grafite, e percorrem as ruas desenhando os principais pontos históricos.

Nesta quarentena, a edição não percorreu as ruas da cidade nem outros pontos turísticos do interior de forma presencial. Todo mundo usou o Google Street View como ferramenta para colocar a criatividade no papel e perceber a rua e suas particularidades com outros olhos.

Não só em Mato Grosso do Sul, mas artistas percorreram monumentos e verdadeiros museus a céu aberto pelo mundo  e o resultado desse trabalho tem sido constantemente compartilhado nas redes sociais.

Colégio Oswaldo Cruz no Centro de Campo Grande. 
Colégio Oswaldo Cruz no Centro de Campo Grande.

A arquiteta Bia Meneghini uma das idealizadoras do movimento que vem crescendo na Capital, explica que o projeto é mundial e iniciou em 2008 nos Estados Unidos. "Aqui em Campo Grande a gente foi em congresso e lá conheci algumas pessoas que já participavam desse grupo e elas me incentivaram a participar. Essa última semana lançamos um desafio nacional e desenhamos a Gruta do Lago Azul de Bonito e foi muito bem aceito".

E não é preciso medo de desenhar caso você não domine tão bem assim a técnica. "A gente fala sempre para os participantes que o importante é desenhar e se apropriar do local, conhecer o local e observar, isso que é o importante, mais do que eu próprio desenho", destaca a arquiteta.

Na Rua 14 de Julho, por exemplo, já foram “modelos” para a arte vários imóveis icônicos, como a construção na esquina das ruas Marechal Rondon e 14 de Julho, a antiga Casa Comercial Adri, com elementos de ornamentos de ecletismo em toda a sua extensão.

Outro objeto dos desenhistas foi o edifício José Abraão, o antigo Hotel Americano, construído em 1939 e considerado o primeiro edifício de três pavimentos de Campo Grande. Arquitetonicamente, um exemplo do estilo art decó, com a fachada com formas geométricas e uso de cores fortes.

Veja mais sobre o movimento e a diversidade de desenhos no Instagram @skcampogrande_ms

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Desenho em aquarela do Rádio Clube.
Desenho em aquarela do Rádio Clube.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário