ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 18º

Arquitetura

Revitalizada, estátua de Manoel de Barros ganha iluminação especial

A representação do poeta ganhou um novo pé esquerdo, além de reparos no óculos e cabeça

Por Gabriel de Matos | 14/03/2024 19:30
Estátua de Manoel de Barros sob a luz da nova iluminação (Foto: Juliano Almeida) 
Estátua de Manoel de Barros sob a luz da nova iluminação (Foto: Juliano Almeida)

A estátua que representa o poeta Manoel de Barros teve a revitalização entregue nesta quinta-feira (14). O escritor recebeu um novo pé esquerdo, além de reparos no óculos, cabeça e outras partes da estrutura. Câmeras e iluminação para realçar cada detalhe também foi inserida.

Durante a inauguração, vários motoristas passaram e gritaram "Manoel" para reverenciar a nova estátua. Feita toda em bronze, a estrutura do poeta recebeu um reforço no pé esquerdo. A restauração ficou a cargo do artista Ique Woitschach.

Sobre o novo pé, ele explicou que a parte externa e visível é feita em bronze, assim como todo o restante da estátua. No entanto, semelhante a um pino, o poeta tem um tubo de aço de uma polegada do pé até o joelho.

"Ele tem um reforço que vai ser difícil arrancarem agora. Já tem a dureza do material que é o bronze, mas esse aço realmente vai dificultar o vandalismo", destacou o artista.

Como artista, foi um prêmio que eu recebi porque eu pude voltar a mexer na obra que eu fiz. Eu não gostaria de ter entregue porque a gente sente falta, a gente se sente que é um filho que ficou no meio da rua e não em casa, descreveu Ique.

Ique ao lado da estátua de Manoel de Barros iluminada na Afonso Pena (Foto: Juliano Almeida)
Ique ao lado da estátua de Manoel de Barros iluminada na Afonso Pena (Foto: Juliano Almeida)

Para finalizar, ele explicou que mexeu nas rugas do poeta, no óculos, no rosto e em outros detalhes. Ique complementou que uma obra nunca está finalizada para um artista.

O secretário titular da Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cidadania), Marcelo Miranda, chegou avaliando a estátua, deslizando os dedos sobre os detalhes e elogiando o trabalho de Ique.

"A gente está muito feliz com essa recuperação que demorou muito, até em função do processo para a gente garantir que o próprio Ique fizesse. Aproveitamos essa questão da recolocação do pé, mas também dá toda uma manutenção geral", disse Marcelo Miranda.

O custo total da obra foi de R$ 76.500,00 com recursos da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul). O diretor-presidente da FCMS, Eduardo Mendes, também estava presente. Ele enalteceu que as pessoas que passarem pelo cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Rui Barbosa vão encontrar um Manoel iluminado.

Marcelo Miranda, Ique e Eduardo ao lado da estátua de Manoel de Barros revitalizada (Foto: Juliano Almeida)
Marcelo Miranda, Ique e Eduardo ao lado da estátua de Manoel de Barros revitalizada (Foto: Juliano Almeida)

Eu acho muito bacana essa entrega de hoje e ela também é muito simbólica, nós estamos vivendo 10 anos sem Manoel, no ano de 2024 e o que as pessoas têm que entender é que é uma obra realmente para interação, para que a pessoa sente ali, abraça o Manoel, sinta essa energia que tem com relação a esse monumento de uma pessoa tão importante para a nossa cultura, disse Eduardo Mendes.

O poeta faleceu no dia 13 de novembro de 2014 em Campo Grande. Para enaltecer a história dele em homenagem aos 10 anos, Eduardo garantiu que terá eventos ao longo de 2024. "Na verdade, nós estamos em contato, nós temos aqui o museu, Manoel de Barros, nós estamos em contato com a própria casa para que a gente possa, durante o ano, fazermos algumas atividades lembrando 10 anos sem Manoel".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias