ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 24º

Arquitetura

Sonho quase foi por água abaixo e piscina só saiu com borda elevada

Região tem solo úmido e lençol freático raso, o que fez com que piscina quase não saísse do papel

Por Paula Maciulevicius Brasil | 17/03/2020 06:23


Revestida, borda elevada aproveitou espaço e ainda as condições do solo na região.
Revestida, borda elevada aproveitou espaço e ainda as condições do solo na região.

A ideia era presentear os filhos com uma piscina na área gourmet, mas o projeto quase não saiu do papel depois que a família e a arquiteta descobriram solo úmido e lençol freático raso exatamente na região onde a reforma estava sendo feita. No bairro Taquarussu, em Campo Grande, a saída foi erguer a borda, que de quebra oferece mais segurança em relação às crianças e pets.

O projeto é da arquiteta Jéssica Morais, que trabalhou em 68m² uma área gourmet acompanhada da piscina, que ficou restrita a um espaço de 3,5x4m, aproveitando cada pedacinho para não ficar tão pequena.

A obra começou em dezembro, e o previsto era acabar em 30 dias. No entanto, como reforma é mesmo uma caixinha de surpresa, se já não bastasse a chuva da época, o problema foi outro.  "A água que estava dentro do buraco escavado para a construção da piscina não secava, nem com a máquina de sucção, e descobrimos que ela surgia do lençol freático muito raso e o solo muito úmido, onde interrompia a possibilidade de ter profundidade para a construção da piscina convencional no solo", explica a arquiteta.

No "antes", registro da piscina sendo colocada e a borda erguida.
No "antes", registro da piscina sendo colocada e a borda erguida.

A solução foi erguer a piscina acima da linha do piso, fazendo a borda elevada, de maneira que o projeto conseguisse a profundidade padrão de 1,40m. "A borda recebeu um revestimento que destacava e embelezava todo seu comprimento. A solução acabou deixando ainda mais bonita e diferenciada a área", comenta Jéssica.

A piscina é toda de vinil e na borda foi usado revestimento em porcelanato. Para fazer o modelo elevado, a construção sai no mesmo valor de uma convencional e todas as funções e durabilidades também são mantidas. "É uma ideia bem bacana para quem quer uma piscina diferente, e até mais segura para crianças pequenas e animais domésticos", fala Jéssica.

Dois meses depois do previsto, a obra chegou ao fim e a família finalmente pode desfrutar da área de lazer. Tem um projeto bacana de arquitetura? Manda para a gente pelo Facebook do Lado B, no Instagram, por e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Piscina fica na lateral de área gourmet.
Piscina fica na lateral de área gourmet.