ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Arquitetura

Velha sala comercial vira kitnet charmosa para viver no Centro

É surreal a transformação que Olga conseguiu fazer em um salão comercial da família, na Rua Dom Aquino

Por Thailla Torres | 08/12/2021 08:18
Neon e tinta na cabeceira deram personalidade ao espaço.
Neon e tinta na cabeceira deram personalidade ao espaço.

Quem olhasse a porta e o interior de um salão comercial caidinho na Rua Dom Aquino antes da reforma, certamente, não imaginaria que ali dava para chamar o lugar de casa. Hoje, ao entrar no imóvel de poucos metros quadrados, boas soluções transformaram o espaço em uma kitnet confortável, que agora, é alugada por temporada.

A transformação radical feita em três meses, foi projetada e executada pela arquiteta Olga da Rosa, de 27 anos, que decidiu dar um novo significado à sala comercial em um imóvel da família que estava sem uso.

“Esse imóvel era uma padaria, a sala era onde os padeiros faziam o pão. Depois de muitos anos, a padaria se dividiu em vários salões comerciais. Se eu tivesse mais recursos, faria em todos eles e aperfeiçoaria o espaço para minha família alugar”, diz a arquiteta.

Mas com a autorização da família, ela apostou suas fichas na reforma de um dos salões. Aproveitou que a localização era boa e pensou nas pessoas que vinham de estadia para Campo Grande e desejavam estar mais próximas do Centro.

Esse era o antes da sala comercial da família. (Foto: Olga da Rosa)
Esse era o antes da sala comercial da família. (Foto: Olga da Rosa)

No local, não há garagem e o espaço é pequenino, porém, está no coração da cidade e quem se hospeda, desfruta de tudo próximo e também de uma liberdade que nem sempre o hotel dá.

Na entrada, a decoração charmosa dá boas-vindas. Onde fica a cama, tem um adorno de pintura e uma luminária de neon escrito love, dando um toque especial ao espaço.

Por ser um espaço comercial, o banheiro não tinha chuveiro e também não era possível ampliar o espaço. Por isso, Olga escolheu colocar a pia para fora. “Mas ainda acho que ficou um charme”, diz.

Toda elétrica foi refeita, mas Olga fez questão de manter o piso original, um ladrilho da década de 50. “Depois de esfregar bastante, ele ficou bonito de novo”, diz, lembrando-se da luta que foi limpá-lo com a palha de aço.

Banheiro ficou super moderninho.
Banheiro ficou super moderninho.

Em três meses, a reforma e o mobiliário estavam no lugar. Apesar das surpresas, a obra foi de baixo custo diante de algumas alternativas enfrentadas por Olga. “Com algumas coisas usadas na OLX".

A ideia inicial também era de descascar a parede, porque é de bloco cerâmico, mas não aprovaram pelo estrutural ser muito antigo e o centro “tremer” muito, explica Olga. "Consegui comprar as esquadrias em cemitério de janela por R$ 100,00. Até a porta de rolar e o toldo vendi para um dos pedreiros que estava me atendendo e trocamos por parte do valor dele do serviço”.

Bancada da pia foi feita com pedra que estava há anos na casa do pai. (Foto: Olga da Rosa)
Bancada da pia foi feita com pedra que estava há anos na casa do pai. (Foto: Olga da Rosa)
Lugar é pequeno, mas muito aconchegante.
Lugar é pequeno, mas muito aconchegante.

A pedra instalada para fazer a bancada era uma pedra velha que ficava encostada no fundo da casa do pai da arquiteta e fez toda a diferença no espaço. Para deixar a cozinha ainda mais charmosa, Olga ainda pediu para a mãe costurar cortinas e ela mesma fez a instalação.

Com boas ideias e criatividade, Olga provou para muitos que não é impossível transformar pequenos espaços em uma morada aconchegante, inclusive, se alguém busca uma transformação como essa ou está cansada da decoração sem cores, ela está sempre disposta a novos projetos.

Já quem tem interesse em ficar na kitnet, o espaço é um dos que encontramos para a série “Achados do Airbnb”.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário