ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 19º

Artes

Na voz de Rick, poesias sobre amor viraram música para provocar o coração

Misturando elementos de MPB e jazz, videoclipe de “Brisa” foi lançado nesta sexta-feira

Por Idaicy Solano | 22/06/2024 07:45
Rick lança seu décimo quinto videoclipe, em música que promete fazer ouvintem refletirem (Foto: Arquivo Pessoal)
Rick lança seu décimo quinto videoclipe, em música que promete fazer ouvintem refletirem (Foto: Arquivo Pessoal)

Misturando elementos de MPB (Música Popular Brasileira) e jazz, o artista Rick Agra lançou nesta sexta-feira (21), seu décimo quinto videoclipe com a música "Brisa", que traz a proposta de provocar paz e reflexão aos ouvintes. Com raízes cravadas na MPB, suas composições são reflexo de suas vivências e inspirações, e exploram as nuances da poesia e do amor, além de serem influenciadas desde o samba ao folk e à bossa-nova.

O artista é natural de São Paulo, mas reside em Campo Grande desde os 14 anos, e começou a compor aos 16. Ao Lado B, ele declara que foi através dessas composições que encontrou uma maneira de expressar suas emoções e contar histórias. Ao todo, o artista já lançou 17 músicas nas plataformas digitais.

Em seu lançamento mais recente, conta que a música foi trabalhada com acordes delicados e harmonia suave, com intuito de provocar uma sensação de tranquilidade, e transportar o ouvinte para um estado de serenidade. “Brisa é, sem dúvida, uma canção que proporciona um momento de paz e reflexão, perfeita para momentos de descanso e contemplação”, ressalta.

A sonoridade foi trabalhada para oferecer uma experiência auditiva relaxante, misturando os toques de teclado, guitarra, bateria e contrabaixo, criando uma fusão dos elementos rítmicos e melódicos com as improvisações e a sofisticação do jazz, conforme explica o artista. A canção é uma parceria com o músico Guto Colato, na guitarra, da canção, Ed Calado no contrabaixo, Ana Soares no teclado, e Gerson Espinosa na bateria.

A canção está disponível em todas plataformas digitais, além do videoclipe no canal do YouTube do artista.

Confira o clipe abaixo

Rick conta que sempre teve bastante apreço pela música, e começou a trilhar seu caminho na arte ainda na escola. “Lembro-me claramente do dia em que peguei um violão pela primeira vez. A princípio, era apenas uma tentativa desajeitada de tocar algumas notas, mas com o tempo, os sons começaram a fazer sentido.O violão se tornou uma extensão de mim, uma maneira de expressar sentimentos e contar histórias”, relata.

Rick fez sua estreia como compositor no Festival Universitário da Canção, da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em 1999. O artista conta que tocou em várias bandas ao longo dos anos, mas sempre teve a vontade de tirar suas composições da gaveta e buscar sua própria identidade musical. Mas foi apenas vinte anos depois, no ano de 2019, que isso aconteceu.

Além de cantor e compositor, Rick também é professor, e leciona para alunos da rede estadual de ensino do Estado há mais de dez anos. Ele confessa que conciliar os dois trabalhos, que ocupam um espaço importante em sua vida, não é fácil. “Houve momentos em que precisei equilibrar a preparação de aulas com ensaios, corrigir provas entre um show e outro”, conta.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias