A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

06/07/2019 09:06

Palhaçada, mágica e brincadeiras fazem público rir e refletir sobre amor e ódio

De três estados diferentes, grupos apresentam espetáculos de graça neste fim de semana no Teatro de Arena do Horto Florestal

Alana Portela
O palhaço Zabobrin interage com a plateia (Foto: Daniel Silva)O palhaço Zabobrin interage com a plateia (Foto: Daniel Silva)

A VII Mostra de Palhaços do Pantanal – Pantalhaços continua em Campo Grande e neste final de semana três grupos, de São Paulo, Distrito Federal e Paraíba entram em cena. Os espetáculos vão divertir o respeitável público com mágica, brincadeiras, palhaçadas e até farão a plateia refletir sobre amor e ódio. As apresentações ocorrem no Teatro de Arena do Horto Florestal e é aberto ao público.

Neste sábado (6), Ésio Magalhães (SP) sobe ao palco às 19h com a peça “Circo do só eu”. O espetáculo será apresentado pela primeira vez em Campo Grande e é o personagem Zabobrin que arranca a gargalhada do público. “O Zabobrin vai ao circo para assistir à apresentação, mas acontece uma fatalidade e a trupe cancela o show. Ele fica sozinho e arrisca fazer o espetáculo porque sempre via. Equilibra prato, faz mágica, tem orquestra de palhaço”, conta.

A peça nasceu durante uma temporada na Argentina e desde então vem rodando o Brasil. “Comecei em 2003, me apresentando nas ruas e outros espaços. O show é para toda família e o palhaço vai dialogando com o público. Venho adaptando a linguagem para os dias atuais”, explicou.

O palhaço Zabobrin equilibrando prato (Foto: Daniel Silva)O palhaço Zabobrin equilibrando prato (Foto: Daniel Silva)

Domingo (7) - No dia seguinte, às 19h, é a vez do espetáculo “Xulé à La Carte” da Trupe Arlequin. A turma é de Paraíba e apresenta o palhaço Xulé. O personagem atrapalhado interage e diverte a plateia. A peça estreou em 2017 e, além do Brasil, já passou pela Argentina e Portugal.

Em seguida, às 20h, começa o espetáculo “Circo dos Irmãos Saúde” do Circo Teatro Artetude, que veio do Distrito Federal. O show é dos irmãos Ankomarcio e Ruiberban Saúde, e a apresentação fala sobre amor e ódio. “É sobre a arte da convivência do amor ao ódio. A ideia é fazer o público refletir”, diz Ankomarcio.

O palhaço Xulé é animado (Foto: Trupe Arlequin)O palhaço Xulé é animado (Foto: Trupe Arlequin)

São 50 minutos da apresentação que conta também com malabarismo e música. “Será uma grande brincadeira. Temos que aprender a sorrir das diferenças de forma respeitosa e acolhedora”, destaca. A peça existe há 15 anos.

O circo Teatro Artetude tem 18 anos e já passou por vários estados do país, mas em Campo Grande está pela primeira vez. “A gente leva alegria por onde passa e falamos sobre muitas outras questões de forma leve e divertida. O nosso público é desde crianças aos vovós, que sentam juntos para viver o circo”, afirma Ankomarcio.

Mais cedo - Amanhã, às 18h, No Teatro de Arena do Horto Florestal, também acontece à apresentação do palhaço Nito. O espetáculo é o “Delírios de Nitos e outros devaneios” do Palhaço Nito de Mato Grosso do Sul.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

 

Os irmãos Saúde fazem palhaçada (Foto: Divulgação)Os irmãos Saúde fazem palhaçada (Foto: Divulgação)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.