ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 28º

Artes

Por visibilidade, alunas criam mapeamento de escritoras em MS

Disponível em site, projeto é um acervo de escritoras que já publicaram ou têm relação de estudos com o Estado

Por Aletheya Alves | 30/03/2024 07:48
Alunas que integram o projeto de mapeamento das escritoras em Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação/IFMS)
Alunas que integram o projeto de mapeamento das escritoras em Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação/IFMS)

Para mostrar que a produção literária em Mato Grosso do Sul ganha força com a presença de diversas escritoras, alunas do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) criaram um mapeamento para dar visibilidade a essas vozes. Disponibilizado online, o projeto já ganhou até premiação por sua relevância.

Sob orientação da professora Karina Vicelli, docente de Dourados, as alunas Ana Júlia Leite, Ana Laura Garcia, Edilaine Rocha e Maria Clara Maciel integram o grupo responsável. Hoje, todas já finalizaram seus estudos no Instituto, mas seguem vinculadas e apresentaram o banco de dados em feira na USP (Universidade de São Paulo).

Atual estudante de Relações Internacionais na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Edilaine explica que os principais objetivos da plataforma “Escritoras no MS” envolvem a luta pela igualdade de gênero e resgate histórico-cultural no Estado.

“Toda essa experiência me proporcionou a sensação de pertencimento que eu só consegui ter depois de realizar a pesquisa e, com ela, aprender que a desigualdade de gênero pode ser combatida de diversas maneiras. Também pude aprender mais sobre o meu local, sobre a história da minha cidade, do meu estado e, consequentemente, do meu país. Evoluí e me entendi melhor enquanto mulher graças ao projeto”, diz a estudante.

Entre as escritoras reunidas no mapeamento estão Glorinha de Sá Rosa, expoente da cultura sul-mato-grossense, Ângela Maria Perez e Mara Calvis. Clique aqui e confira o site do projeto.

Além de citar os nomes das escritoras, as estudantes também produzem um pequeno resumo sobre cada uma das autoras.

“Lucimara de Oliveira Calvis é Campo-grandense e escreveu 22 livros paradidáticos infanto-juvenil. É mestra em Educação Profissional na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e participa de diversas organizações literárias como: União Brasileira de Escritores/MS, Academia Feminina de Letras e Artes de Mato Grosso do Sul, representando a Literatura Infantojuvenil e Academia Luso-brasileira de Artes e Poesias. Também prestou serviços como Educadora Ambiental em Campo Grande e tem diversos livros infanto-juvenil relacionados com o meio ambiente”, descrevem em um dos exemplos.

Com o projeto, a professora responsável foi premiada como professora destaque na Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia), na USP.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias