ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 33º

Comportamento

Amor de dupla não envelhece porque um amansa o outro no beijo

Badu e Vandinha formam dupla sertaneja, são casados há 40 anos e mantém a rotina quente

Thailla Torres | 01/09/2022 06:23
O olhar apaixonado dos dois é diário. (Foto: Thailla Torres)
O olhar apaixonado dos dois é diário. (Foto: Thailla Torres)

Apesar do calorão que fazia no Balneário Municipal de Bonito, na última sexta-feira (27 de agosto), durante a programação do Festival de Inverno, nada era mais caloroso do que a sintonia do casal Badu e Vandinha. A dupla sertaneja se apresentou no atrativo turístico e animou o público, mas teve gente que gostou mesmo foi de ouvir a história de amor desses dois. Esta repórter foi uma delas.

Badu é Baldoino Ximenes, de 69 anos, e Vandinha é Vanda Lima Ximenes, 67 anos. Os dois estão casados há 4 décadas e há 10 anos cantam em festas, barzinhos e eventos, levando para o palco a paixão pelo sertanejo raiz e o chamamé. Mas quem aposta num papo sobre amor, leva pra casa boas lições.

Quando faço a pergunta mais clichê sobre o ‘segredo’ para manter uma relação por quarenta anos, Badu nem espera. “O segredo é levantar todo dia com um beijo e amansar ela no beijo. Na nossa casa a gente nunca levanta sem dar um beijinho no outro”, garante.

Vandinha cai na risada e confirma o segredo, mas acrescenta outros elementos que fazem do casamento uma relação jovem, como se estivesse começado ontem. “Nosso amor não envelhece, amo meu marido e ele me ama como o primeiro dia que ficamos juntos. A gente aprendeu cuidar um do outro, cultivar o amor, a música, as coisas simples que gostamos”, conta Vandinha.

Vandinha se apresentou com Badu durante Festival de Inverno de Bonito, no Balneário Municipal. (Foto: Marithê do Céu)
Vandinha se apresentou com Badu durante Festival de Inverno de Bonito, no Balneário Municipal. (Foto: Marithê do Céu)

É por isso que eles andam por aí parecidos, trajados de camisa e bota, bem sertanejos, para representar o sentimento à música. “A música é algo que também nos rejuvenesce todo dia. A gente sempre gostou de cantar, cantávamos para família, até que resolvemos fazer música há 10 anos”, diz a cantora.

Badu interrompe para explicar como o amor que sente por Vandinha estava escrito ‘no destino’, segundo ele. “Eu sonhei com ela quando tinha 12 anos’, jura. “No sonho uma moça vinha de longe e chamava Vanda. Anos depois eu encontrei ela. Foi Deus que trouxe ela pra mim”, acredita.

Vandinha disse que a primeira vez que ouviu essa história achou que era brincadeira. “Mas há 40 anos ele conta a mesma coisa. Então acredito. Era amor que estava no destino”, diz a esposa.

Casal diz que um amansa o outro no beijo. (Foto: Thailla Torres)
Casal diz que um amansa o outro no beijo. (Foto: Thailla Torres)

Tanto sentimento expressado diariamente faz do casal um dos mais românticos na atualidade. “Muita gente acha isso engraçado, se surpreende, porque as relações acabam muito rápidas, mas eu acredito que todos devem ter fé no amor. Ele existe, é só deixar entrar”, diz Vandinha.

O amor que entra todo dia também mantém quente a rotina do casal, que no auge dos 67 e 69 anos, fazem questão de falar da vida sexual. “Tem gente que acha que porque envelhecemos não fazemos amor? Sim, fazemos, e é um amor gostoso. Não é igual o da juventude, claro, mas é gostoso. E digo mais: na minha casa não entra azulzinho [estimulante sexual]. A gente se seduz e tem muito amor”, diz Vandinha.

Hoje, o casal aposentado só quer curtir a vida e desfrutar do amor que, se depender da vontade deles, durará eternamente mesmo.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias