ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 22º

Comportamento

Cinco ipês floridos na "varanda"... e surge uma atração na avenida Tamandaré

Por Ângela Kempfer e Stephanie Romcy | 26/08/2013 07:16
Na área de comodato, os ipês ainda estão em pé.
Na área de comodato, os ipês ainda estão em pé.

De longe, o cor de rosa surge no seco domingo da pouca arborizada avenida Tamandaré. É a beleza normalmente escondida que só surge uma vez por ano. Para “fãs” dos ipês em Campo Grande, é a época das floradas e dos cliques.

Mas de uma só vez, Marcondes Matos, de 49 anos, ganhou 5 ipês na varanda de casa, na esquina da rua Água Limpa com a Tamandaré, todos exuberantes hoje.

Há 15 anos ele conquistou direito de viver em uma área de comodato da prefeitura e desde então agosto é o mês mais bonito.

A filha nasceu em 2007 e todos os anos é fotografada ao lado dos ipês, para lá na frente a menina ter uma série digna de coleção. “Acho que essas árvores têm uns 60 anos”, chuta Marcondes.

E ele divide o privilégio com quem passa. O casal Zuleica Ferreira, 40 anos, e Adalto Pereira, 47, tem como rotina passar o domingo em um pesqueiro da região, mas nunca tinham observado as árvores ali.

“Só vimos agora, que estão floridos. É encantador, não tem como não parar”, comenta a comerciante que diz também ter um ipê branco na loja de radiadores da família, na avenida Ceará.

A servidora pública Viviane Moreno, de 32 anos, até chora ao ver tantas flores. Super emotiva (como dá para perceber), ela levou a prima de Dourados para tirar fotos. “Isso é mais uma prova de que Deus existe”, diz.

Só não se sabe até quando. Como é área de comodato, a casa da família Matos um dia pode virar supermercado ou outro grande empreendimento na região, como já é algo histórico em Campo Grande.

Comerciante tira fotos do ipê na avenida Tamandaré.
Comerciante tira fotos do ipê na avenida Tamandaré.