ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

Com o bisneto, Tetsu leva pedaço de Okinawa à festa de aniversário

Vestindo kimono, os dois celebraram a vida em festa com decoração nipônica e até docinhos em formato de sushi

Por Raul Delvizio | 05/03/2021 07:19
Patriarca da família Arashiro, Tetsu segura no colo o bisneto Henrique (Foto: Arquivo Pessoal)
Patriarca da família Arashiro, Tetsu segura no colo o bisneto Henrique (Foto: Arquivo Pessoal)

A última segunda-feira foi marcada de forma especial para a família Arashiro. Uma comemoração conjunta de aniversário trouxe os 82 anos do patriarca Tetsu ao lado dos 8 meses do seu bisnetinho Henrique. O diferencial, porém, não foi o contraste entre as idades, mas a semelhança nipônica que corre no sangue: para isso, os dois – vestindo kimono – ganharam uma festa com tema da Ilha de Okinawa, com direito a decoração oriental, bolo "Japão" e até docinhos em formato de sushi.

Festa conjunta de aniversário teve inspiração nipônica (Foto: Arquivo Pessoal)
Festa conjunta de aniversário teve inspiração nipônica (Foto: Arquivo Pessoal)

Ideia veio de Nayara Arashiro, enfermeira de 36 anos, que é mãe de Henrique e neta de seu Tetsu. "Dos últimos 8 meses, tenho feito os tradicionais mesversários do meu filho. Para este último, bem no finalzinho do mês de fevereiro, pensei em fazer algo relacionado ao Carnaval, já que neste ano mal tivemos. Porém, a data era muito próxima dos 82 anos do meu avô – e nada disso combinava com ele. Então, resolvi unir o útil ao agradável e transformar o dia em uma oportunidade de parabenizar os dois e ainda valorizar nossa cultura", explica.

Detalhe do bolo com o nome e idade dos aniversariantes (Foto: Arquivo Pessoal)
Detalhe do bolo com o nome e idade dos aniversariantes (Foto: Arquivo Pessoal)

A festa foi organizada no salão de eventos do condomínio. Na ocasião, participaram a família. Desta vez, porém, ao invés de decorar tudo sozinha, Nayara contou com a ajuda da sua avó Maria Yoshie, também de 82 anos. Assim como seu esposo, a matriarca da família Arashiro tem uma vitalidade de se invejar e, quando a neta comentou sobre a ideia, pôs-se logo a produzir tudo.

"Quando fiz a sugestão, minha avó ficou muito emocionada e empolgada. Na mesma hora, iniciou a busca pela decoração e ideia para os pratos. Foi ela quem providenciou alguns detalhes com seus artigos pessoais, que eu apenas organizei. Inclusive, dona Maria fez questão de costurar a vestimenta do meu bebê para que pudesse estar a caráter. E apesar da idade, em 2 dias ela fez um mini kimono lindo", descreve.

Na ocasião, bisavô "babão" era maior orgulho (Foto: Arquivo Pessoal)
Na ocasião, bisavô "babão" era maior orgulho (Foto: Arquivo Pessoal)

"Dividimos entre decoração e comida. Eu fiquei com a responsabilidade de montar a mesa, deixando tudo pronto e bonito, além do bolo e dos doces. Já minha avó fez um almoço delicioso com pratos típicos de Okinawa", revela. A mãe de Nayara e sua tia também entraram no time.

Para a decoração, a enfermeira buscou itens do acervo pessoal da sua avó – inclusive as vestimentas. "Por sempre participarem ativamente do clube Okinawa aqui em Campo Grande, das atividades culturais e festejos, ela investiu ao longo dos anos em artigos típicos da cultura japonesa. Então não foi muito difícil decorar, já estava tudo no jeito", esclarece. Assim, Nayara organizou na mesa o tradicional Maneki Neko (gato japonês da sorte), além de esculturas de geishas, leques orientais e sombrinhas nipônicas, além de travessas e outras bandejas – algumas da própria casa, outras alugadas na Sua Festa CG.

Arranjo da mesa foi feito com itens do acervo da matriarca da família (Foto: Arquivo Pessoal)
Arranjo da mesa foi feito com itens do acervo da matriarca da família (Foto: Arquivo Pessoal)
Teve os tradicionais gatos da sorte além de esculturas de geishas (Foto: Arquivo Pessoal)
Teve os tradicionais gatos da sorte além de esculturas de geishas (Foto: Arquivo Pessoal)
Até os docinhos em formato de sushi foram produzidos para a ocasião (Foto: Arquivo Pessoal)
Até os docinhos em formato de sushi foram produzidos para a ocasião (Foto: Arquivo Pessoal)

Já os pratos culinários, foi a própria matriarca quem definiu o menu. "Minha avó preparou o ubussá (cozido de carne de frango com legumes e konnyaku, uma espécie de geleia extraída de batata específica da variedade do inhame) de prato principal, além dos sushis verdadeiros e ainda os 'falsos', que nada mais eram do que os docinhos personalizados no mesmo formato. Também teve o manjū (sobremesa com recheio a base de feijão fermentado) e, claro, bolinho e brigadeiros tipicamente brasileiros", ressalta.

Para Nayara, assim como todos os presentes no dia, foi gratificante celebrar a vida e a saúde do mais membro mais novo até o mais velho dos Arashiro, em um momento em que a pandemia de covid-19 interfere tanto nas relações familiares.

Nayara ao lado do marido e do filho (Foto: Arquivo Pessoal)
Nayara ao lado do marido e do filho (Foto: Arquivo Pessoal)
Pais de Nayara segurando o netinho (Foto: Arquivo Pessoal)
Pais de Nayara segurando o netinho (Foto: Arquivo Pessoal)
Seu Testu e dona Maria Yoshie, bisavós de Henrique (Foto: Arquivo Pessoal)
Seu Testu e dona Maria Yoshie, bisavós de Henrique (Foto: Arquivo Pessoal)

"É emocionante comemorar aqueles que tanto amamos. Meu avô é o símbolo da nossa família, nosso exemplo e orgulho. Estar ao seu lado neste momento não poderia passar em branco. Ele, que foi um homem de tanta importância para nossa cidade e, principalmente, para os descendentes de japoneses daqui, merece comemorar todos os dias a vida com saúde ao lado da sua família. Já meu filho, com muita honra carrega o sobrenome e traz a união e alegria nesse período triste. A festinha organizada para eles dois trouxe um sentido a mais, valorizando aquilo que não podemos larga mão: a nossa família", finaliza Nayara.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário