A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

16/09/2019 08:11

No braço, sorriso de Manu conforta o pai que disse adeus muito cedo à filha

Foi no Dia dos Pais deste ano que Marco Antônio perdeu o chão ao receber a notícia que a filha partiu após um acidente de trânsito

Alana Portela
Imagem de Manuela sorrindo foi eternizada no braço do pai, Marco Antônio Guimarães Marcondes (Foto: Arquivo pessoal)Imagem de Manuela sorrindo foi eternizada no braço do pai, Marco Antônio Guimarães Marcondes (Foto: Arquivo pessoal)

Por dias melhores, Marco Antônio Guimarães Marcondes tem como estimulo o sorriso da filha, Manuela Vinagre de Farias Marcondes, estampado no braço. “Fiz a tatuagem na intenção de homenageá-la. De olhar para ela e me sentir mais calmo, estar pertinho e carregá-la comigo. A fase do luto precisa ser vivida para superar. Estamos indo bem, é um dia após o outro. Nada de pensar muito pra frente”, desabafa o pai após aquele tipo de tragédia que ninguém nunca supera. 

A tatuagem é recente, do dia 9 de setembro. Marco Antônio separou cinco fotos de Manuela e levou para o tatuador André Monteiro, que o ajudou a escolher a melhor imagem. Agora, além de ter as memórias dos bons momentos, o pai ainda carrega a filha no braço. 

No dia 11 de agosto de 2019, estava tudo combinado. Manu tinha viajado para Bonito, no dia 9, para acompanhar o namorado numa prova de laço, mas retornaria para Maracaju, onde morava com o pai e a mãe Luciana Vinagre de Farias Marcondes, para comemorar o Dia dos Pais. O plano era chegar cedo e almoçar com a família. Já tinha comprado o seu presente especial. “Eu pedi a ela um porta-retratos. Meu presente seria nossa foto em família para colocar nele. Ficaria em cima da minha escrivaninha”, diz Marco.

Empresário, aos 52 anos ele lembra do dia que a vida mudou drasticamente. Manu tinha 26 anos, era sua a primeira e única mulher e tinha dois irmãos. Contudo, a estrada atrapalhou os planos e interrompeu os projetos da jovem. “Foi um acidente. Uma seriema foi atravessar a rodovia, e para desviar do animal, ela saiu com o carro para a esquerda. Porém, na hora de voltar, perdeu o controle do veículo. Estava sozinha no carro”.

Fotografia original de Manuela Vinagre de Farias Marcondes que inspirou a homenagem (Foto: Arquivo pessoal)Fotografia original de Manuela Vinagre de Farias Marcondes que inspirou a homenagem (Foto: Arquivo pessoal)
Tatuagem finalizada (Foto: Arquivo pessoal)Tatuagem finalizada (Foto: Arquivo pessoal)

O dia já havia amanhecido diferente. Marco teve um pressentimento. No entanto, continuou aguardando ansioso pela chegada da filha, até que uma mensagem no Whatsapp veio para tirar o chão. “Aqui temos o grupo, ‘Maracaju Segura’, que é dos moradores da cidade para falar sobre segurança no município e na estrada. Estava olhando quando uma conhecida comentou sobre um acidente. Naquela hora pensei, é a Manuela”.

Sem mesmo ter a certeza sobre onde foi o acidente, Marco sentiu um aperto no peito. “Meu compadre tinha me ligado, perguntando como eu estava. Disse que estava esperando por minha filha, pois iriamos almoçar juntos. Quando perguntei no grupo onde era o acidente, não deu nem tempo de responderem e logo vi um monte de pessoas vindo falar comigo. Não é sempre que aparece um monte de gente na sua casa. Naquele momento minha ficha  caiu, tive certeza que o acidente havia sido com a Manuela", lembra o pai.

Marco Antônio ao lado da filha Manuela (Foto: Arquivo pessoal)Marco Antônio ao lado da filha Manuela (Foto: Arquivo pessoal)

A filha estava na melhor fase de vida, diz. Trabalhava na secretaria de Saúde, era funcionária pública da prefeitura de Maracaju. Havia acabado de se formar em Administração. "Começou a namorar, tinha vontade de ter o seu cantinho. Eu falava para aproveitar que estava morando com a gente e guardar um dinheiro, mas ela sempre estava no limite”.

Na época, Marco Antônio não entendia muito bem o motivo da filha nunca ter dinheiro sobrando. Entretanto, agora a verdade também o consola. “Descobrimos tantas coisas depois do falecimento. Ajudava as pessoas, era dedicada. Ela tinha uma conta aberta na farmácia, e toda vez que alguém precisava, não tinha condições de ter um remédio, ela comprava e dava. Era muito querida e a população da cidade parou com a tragédia.”

A filha também deixou Arthur, de 5 anos. "A Manuela plantou amor, carinho, amizade e superação dentro das dificuldades dela. Foi mãe solteira aos 21 anos. O netinho está com a gente, temos a guarda compartilhada. Explicamos que a mãe dele virou uma estrelinha, assimilou bem e está nos surpreendendo”, diz o avô.

Manuela e o filho Arthur, de 5 anos. (Foto: Arquivo pessoal)Manuela e o filho Arthur, de 5 anos. (Foto: Arquivo pessoal)
Foto em família tirada no Natal, da esquerda para direita, o pai com o neto Arthur, a esposa Luciana, Manuela e os irmãos. (Foto: Arquivo pessoal)Foto em família tirada no Natal, da esquerda para direita, o pai com o neto Arthur, a esposa Luciana, Manuela e os irmãos. (Foto: Arquivo pessoal)

Presente - O porta-retrato comprado por Manuela para presentear o pai foi entregue. Contudo, não está da forma que eles haviam planejado. Ao invés do retrato em família, exibe a imagem da filha sorridente em cima da escrivaninha. No quadro, a mensagem “O que se leva da vida, é a vida que se leva! ”. Uma luminária ao lado destaca a fotografia, e faz Manu brilhar ainda mais.

“O pequeno Arthur disse que você se transformou numa estrela e que é a mais brilhante no céu. Continue brilhando e nos iluminando, intercedendo por nós junto ao Pai Celestial. Continuaremos te amando para todo o sempre. Vai em paz meu amor, minha princesa, ficaremos bem. Contamos com a amizade e com as orações de todos os Amigos. A vida continua, e como Santo Agostinho nos diz, 'apenas estamos vivendo no mundo das criaturas, e que a Manuela já está vivendo no mundo do criador. Sorriam, pensem e rezem por mim. Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho. Siga em frente, a vida continua, linda e bela como sempre foi'”, publicou o pai em sua rede social.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

No porta-retratos que daria ao pai, está a foto de Manuela em cima da escrivaninha sendo iluminada por uma luminária (Foto: Arquivo pessoal)No porta-retratos que daria ao pai, está a foto de Manuela em cima da escrivaninha sendo iluminada por uma luminária (Foto: Arquivo pessoal)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.