A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

11/07/2017 06:05

Ruy partiu e os churrascos que gostava agora ajudam outros pacientes com câncer

Ele descobriu um tumor raro e faleceu em 2015; agora, seus amigos e familiares promovem todo ano a Churrascada em prol do Hospital do Câncer

Eduardo Fregatto
Ruy ao centro, com tia Vera à esquerda e a mãe, Rose Maria, à direita. (Fotos: Acervo Pessoal)Ruy ao centro, com tia Vera à esquerda e a mãe, Rose Maria, à direita. (Fotos: Acervo Pessoal)

O campo-grandense Ruy Daniel sempre foi rodeado de amigos, família, natureza e, especialmente, muitos churrascos ao som de música sertaneja. Ele cresceu na estância da família, em Campo Grande, há 23 km da cidade, em meio ao verde e vários animais.

Trabalhou como assistente do cantor Michel Teló e ficou conhecido entre os artistas do gênero. "Tinha muitos amigos, adorava festas. Fazia umas quatro grandes festas por ano", lembra sua mãe, Rosa Maria Nogueira do Amaral, de 69 anos.

Os amigos e familiares reunidos no terceiro churrasco, no sábado.Os amigos e familiares reunidos no terceiro churrasco, no sábado.
O almoço acontece na sede da estância e também entre a natureza.O almoço acontece na sede da estância e também entre a natureza.

Em 2015, a vida alegre e tranquila foi interrompida por um câncer de tipo raro, um tumor de Adrenal. Ele conviveu 4 anos com a doença, emagreceu bastante, passou por vários tratamentos, mas nunca se deixou abater. "Ele pode não ter conseguido a cura física, mas conseguiu a cura espiritual", diz a mãe. "Ele ajudou em três acampamentos da Igreja de Santo Antônio, mesmo doente", conta.

Poucos antes de morrer, Ruy expressou a vontade que tinha de ajudar o Hospital do Câncer de Campo Grande - Alfredo Abrão. Lá, conheceu muitos pacientes, viu o sofrimento de quem também batalhava contra a doença e desejava contribuir de alguma maneira. "Ele faria 40 anos naquele mês de março, e disse que queria promover um evento beneficente pro hospital".

A recepção do Hospital do Câncer que levou o nome de Ruy.A recepção do Hospital do Câncer que levou o nome de Ruy.
Momento de emoção entre a mãe de Ruy, Rosa Maria, e o governador Azambuja, na inauguração da placa.Momento de emoção entre a mãe de Ruy, Rosa Maria, e o governador Azambuja, na inauguração da placa.

Infelizmente, Ruy faleceu antes de realizar o sonho, mas sua rede de amigos e familiares levou o projeto adiante. No sábado passado, ocorreu a terceira edição do Churrascada Amigos do Ruy, na propriedade da família, a Estância Vovô Dedê. Foram mais de 500 convidados e mais de 700 convites vendidos por R$ 30 cada para ajudar outras pessoas.

Tudo é feito da forma como Ruy gostava: cardápio típico de churrasco, com muita carne e mandioca. A comida é servida ali mesmo, na sede da estância, bem próximo da natureza e ao som de música sertaneja. Neste sábado, se apresentaram solidariamente as duplas André Luiz e Thiagão, Lucas e Max, Alex e Leonardo, Victor Gregório e Marco Aurélio e Marlon Maciel e Grupo.

Ruy com o cantor Michel Teló, pra quem trabalhou por muito tempo. (Foto: Igor Duarte)Ruy com o cantor Michel Teló, pra quem trabalhou por muito tempo. (Foto: Igor Duarte)

Nas últimas edições, cada almoço arrecadou cerca de R$ 30 mil. Além da venda dos convites, os amigos também promovem rifas e leilões. Foram leiloados, no sábado, itens como um violão assinado por Michel Teló, pertences de cantores como Lucas Lucco e outros artistas que conheceram Ruy.

"Teve um ano que conseguimos R$ 56 mil para o Hospital do Câncer", relata a mãe. O dinheiro ajudou a inaugurar uma sala de exames. Atualmente, na instituição, existe a recepção Ruy Daniel, em homenagem ao ex-paciente. A inauguração contou com a presença do Governador Reinaldo Azambuja, e emocionou muito Rosa Maria.

Retratos de Ruy estão por toda parte, no churrasco.Retratos de Ruy estão por toda parte, no churrasco.

Apesar da saudade, ela diz que os amigos do filho o mantém vivo em sua vida. "São uns 22 amigos. Vendo cada um deles, parece que o Ruy está comigo. Eles até olham as coisas que precisam melhorar aqui na estância, me ajudam a cuidar", diz.

Rosa relata que foi o filho que teve a ideia de transformar o lugar num destino turístico. O vovô Dedê é mesmo o avô de Ruy, que chegou na propriedade em 1952. Hoje a estância recebe turistas para passeios pela natureza e que buscam descanso e tranquilidade.

Por conta da dedicação de Ruy, acabou se tornando um símbolo de tudo o que cativou em vida. "Ele nunca falou em morrer, nunca foi pra baixo, nunca reclamou de dor, nunca se queixou de nada", reforça a mãe, orgulhosa da força e otimismo do filho que inspirou tanta gente a fazer o bem.

E o churrasco solidário do ano que vem já tem data marcada. Pode anotar na agenda: será no dia 17 de junho de 2018.

Curta o Lado B no Facebook.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.