A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

31/03/2018 08:32

Viagem a cenário encantado de Huilo Huilo inspirou game criado em Campo Grande

Casal saiu de Campo Grande para encontrar inspiração no Chile, depois de pesquisar um destino que lembrasse o Senhor dos Anéis

Thaís Pimenta
Montanha do condado tem cara de filme encantado, de ficção. (Foto: Acervo Pessoal)Montanha do condado tem cara de filme encantado, de ficção. (Foto: Acervo Pessoal)

Os designers Marina Torrecilha e Pedro Schabib Péres dizem que conheceram um dos lugares mais encantadores do mundo. A visita à reserva ecológica Huilo Huilo, no Sul do Chile, foi tão mágica que inspirou a personagem do primeiro game criado pelos dois na empresa Jogos Aurora, o Ponami.

A reserva foi criada em 1999 por um empresário que viu a região ser explorada e desmatada muito rapidamente. Ele comprou boa parte das terras e fez com que os nativos de lá, que antes viviam da exploração de madeira, trabalhassem na conservação e turismo do local. "Virou uma vila fantástica, cheia de lendas, restaurada a sua forma natural, o que preservou e transcendeu ainda mais a cultura da região", disse Marina.

Marina encontrou o local em uma busca pela internet. "Queria me conectar com uma região que fortalecesse minhas raízes com o que tem se melhor nesse mundo: a mãe natureza. E o melhor, fui com meu companheiro que sabe 'hablar' muito bem espanhol e além de curtir tudo comigo, era quem traduzia e se comunicava com as pessoas". Como boa fã de Senhor dos anéis, a primeira pesquisa no Google para encontrar a reserva mágica foi "vilas, condados e natureza".

 Hotel tem cara de cenário de cinema. (Foto: Acervo Pessoal) Hotel tem cara de cenário de cinema. (Foto: Acervo Pessoal)

"Vi que não preciso sair do meu continente para estar próxima também da magia de um dos meus livros preferidos, e ainda melhor, ver tudo isso ser realidade", completa ela.

A cachoeira que dá o nome ao local, o Salto de Huilo Huilo, nasceu depois de lava do vulcão  abrir uma fenda de queda livre de 40 metros de altura. "É um lugar sagrado para os mapuches. Andamos de cavalo pelas montanhas, passeamos de barco pelo rio Fuy, escapamos o topo de um vulcão chamado Mocho- Choshuenco , andamos em bosques e conhecemos o museu do local".

Para ficar quatro dias dentro da reserva, com tudo inclusivo, desde alimentação a passeios, foram R$ 4.200 para cada um. "Hoje em dia a diária é de 127,58 pesos. Ficamos quatro dias dentro da reserva e tivemos que dormir uma noite em Santiago para ir até Temuco e o transfer nos buscar, ou seja, foram cerca de cinco dias de passeios".

O hotel foi uma das partes mais bacanas da viagem, o Montaña Mágica Lodge. Um hotel  construído de forma totalmente integrada com a natureza, sua arquitetura lembra uma montanha que agrega vários tipos de plantas, e ainda tem uma cascata lateral.

"O restaurante do hotel foi o lugar mais incrível que já comi. Nosso café da manhã, almoço e jantas eram incluídos no pacote, desde sobremesas a cervejas artesanais e vinhos chilenos também. Então não tivemos que gastar com comida e degustamos o melhor da culinária regional. Por isso achamos que no final o pacote valeu muito a pena. Além dos passeios estarem também inclusos, e o transporte ser oferecido pelo próprio local para chegar até as áreas de excursão".

Marina durante escalada da montanha. (Foto: Acervo Pessoal)Marina durante escalada da montanha. (Foto: Acervo Pessoal)
O casal depois de enfrentar tempestade. (Foto: Acervo Pessoal)O casal depois de enfrentar tempestade. (Foto: Acervo Pessoal)

Os passeios eram feitos em equipe, com jeeps que buscavam os hóspedes na entrada do hotel, com guia, e em alguns deles era permitido ir sem guia, mas só os mais seguros. "Pra mim, o mais especial de todos foi a cachoeira, quando fomos eu e o Pedro sozinhos, que pudemos observar ela de dia, formava um arco-iris incrível. Quando fomos em grupo era a noite e eles acenderam umas tochas, o que atrapalhou que a gente observasse a noite incrível daquele lugar, era um passeio gourmet".

O segundo mais predileto foi a escalada da montanha escalada. "Foi muito desafiador pra mim, senti como se tivesse superado um grande medo. Enfrentamos uma tempestada muito forte quando subíamos. Foi a primeira vez que vi neve, era incrível, era tudo era branco. Teve uma hora que acheii que ia morrer, proque estava sendo levada por uma ventania muito forte e não tem como lugar contra a natureza, e quando passei por aquilo foi incrível".

Além desses passeios, o casal também pôde passear de barco, cavalgar com o grupo e aproveitar todos os almoços e e jantares com vinhos e pratos típicos da região. Para saber mais sobre o local ou reservar o seu acesse o link aqui.




imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.