A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

06/09/2018 09:08

Wilame saiu de Campo Grande com um empregão, contratado pelo DJ Alok

Ele se aproximou do artista depois de festas realizadas aqui na cidade e hoje é um dos elos entre Alok e programas sociais

Thaís Pimenta
Wílame Moraes, Romana Novais, Maycon e Alok, a frente. (foto: Acervo Pessoal)Wílame Moraes, Romana Novais, Maycon e Alok, a frente. (foto: Acervo Pessoal)

Wilame Maurício de Morais é de Dourados, mas morou durante a maior parte da vida em Campo Grande e foi aqui que a rotina mudou da água pro vinho. Ao realizar a festa eletrônica Intranse, durante 5 anos consecutivos na Capital, conheceu Alok. Anos depois, é parte da equipe de um dos maiores DJ do mundo.

Ele se recorda que de começo nem gostou muito da figura do Alok, mas jamais poderia prever que passados alguns anos estaria trabalhando lado a lado com o DJ. "Achei ele muito esquentado. Na Intranse, era umas 9 da manhã e eu perguntei se ele queria ir embora. Ele me respondeu seco 'Eu não quero ir embora, eu preciso ir embora'. Achava um cara chato, mas claramente depois de conhecê-lo melhor notei que era estresse de outras 2 festas no mesmo dia", relembra Wilame.

Foi em uma edição do Universo Paralello, realizado pelos pais de Alok, que Wilame chamou atenção do DJ. "Deixei uma mensagem no Orkut apoiando o festival já que nesta edição roubaram todos os canos da estrutura do festival, deixando o festival sem água. Alok leu minha mensagem e achou sensacional a maneira como eu me expressei".

A resposta veio como convite para ajudar Alok em projeto solo, já que Bhaskar tinha se convertido e abandonado a carreira. "Desde então, eu acreditei no trabalho do Alok e a passei a ajudá-lo com o marketing de seu nome, já que sou formado em Publicidade e Propaganda", conta.

Equipe de Alok no Bilboard Awars. (foto: Acervo Pessoal)Equipe de Alok no Bilboard Awars. (foto: Acervo Pessoal)
Wilame chegando em Pratigi com Alok e Romana Novais.Wilame chegando em Pratigi com Alok e Romana Novais.

Foram 5 anos trabalhando remotamente até se mudar para São Paulo e oficialmente se tornar o diretor de marketing envolvido com o gerenciamento de carreira de Alok. "Hoje vejo que meu trabalho passou de social media para esse cargo. Antes lidava com clientes como supermercados, restaurantes e hoje meu vínculo é direto com representantes de grandes brands (marcas) como o Facebook, Spotify, patrocinadores como Samsung e outros".

Na prática, Wilame acompanha Alok para produções musicais, campanhas publicitárias e pautas na televisão. Para eventos, ele diz que a equipe já é grande o bastante e não costuma estar junto do artista em shows, até porque é um processo de muito desgaste.

"Antes de vir pra cá eu até pensava que essa poderia ser, de fato, ser a parte mais legal do trabalho,  mas depois de ver como é cansativo e desgastante, porque as vezes são 4 eventos no mesmo dia, vi que não era bem assim", completa.

Hoje, Wilame enxerga como a parte mais especial de seu trabalho o fato de viajar sazonalmente e aprender com cada trabalho, especialmente, nas ações sociais em que Alok está envolvido. "Nesta semana, por exemplo, fui à favela Paraisópolis para fazer uma ação com o projeto de balé com 200 crianças, para a nova música do Alok. Ser o vínculo entre Alok e essas histórias é a parte mais legal de tudo isso. Saber que esse trabalho repercute nos sorrisos é sensacional".

Além de chefe, Wilame deixa claro que Alok é hoje a pessoa que mais lhe inspira. "Ele me mostrou qual meu propósito na terra. Quero ainda expor mais sobre a grande pessoa que ele é por meio de um documentário para as pessoas saberem quão grande e quão impactante é o trabalho dele. Pra quem precisa ele não mede esforços em ajudar".

Wilame e Alok em uma das viagens pelo Brasil afora. (foto: Acervo  Pessoal)Wilame e Alok em uma das viagens pelo Brasil afora. (foto: Acervo Pessoal)

Nas viagens, Wiliame já rodou quase todo o Brasil para firmar o nome de Alok no mercado musical e, pelo jeito, o esforço tem rendido frutos positivos a ambos, já que hoje em dia não há quase ninguém que não conheça o nome do DJ. 

"Minhas viagens profissionais costumam ser no Brasil. Só a passeio que eu costumo viajar para o exterior, em momentos de folga do trabalho", conta ele.

Uma dessas idas ao exterior marcou o sul-mato-grossense, a entrega do prêmio da Billboard em Vegas, em 2017, com shows de  Celine Dion, Drake, Miley Cyrus, Cher, Bruno Mars e outros nomes de peso internacional.

"Jamais imaginaria o rumo que minha vida tomaria. Hoje realizo um sonho que pouco a pouco foi se consolidando", finaliza Wilame.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.