A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/02/2017 07:00

Em hotel sem gaiolas, cão fica 100% livre e aprende a viver bem em grupo

A Yamandu surgiu com metodologia que integra para resolver problemas de comportamento animal

Informe Publicitário
Cachorrada livre, brinca como um grupo de velhos amigos. (Foto: André Bittar)Cachorrada livre, brinca como um grupo de velhos amigos. (Foto: André Bittar)

No escritório ou em qualquer outro ambiente da Yamandu Espaço Animal, a cachorrada não precisa de permissão para entrar. Pode andar por onde quiser, como se continuasse em casa, ao lado da família sempre com o olhar atento da equipe. Depois, no momento de gastar energia no pátio, os cães brincam como velhos amigos, porque a primeira etapa ao entrar ali é aprender a conviver bem em grupo. Na hora de dormir, cada um segue para sua cama, ainda dividindo o mesmo quarto, sem brigas, estresse ou coleiras.

O lugar foi criado para uma experiência positiva, tanto aos cães, quanto aos tutores deles. Sem gaiolas, funciona como hotel e também oferece day care. Mas o que os clientes recebem vai muito além da simples hospedagem ou de um dia de brincadeiras. O "Conceito Yamandu" é transformar comportamentos caninos estimulando a integração entre os animais, sem custo extra pelos ensinamentos básicos diários.

Quarto também é compartilhado.Quarto também é compartilhado.

Ao chegar, mesmo os super irritados, avessos até ao olhar de um estranho, são recebidos com a certeza de que vão sair dali socialmente muito mais tolerantes. Os cães passam por uma avaliação que aponta o grau de dificuldade de interação com outros animais e se apresentam alguma agressividade, e o trabalho de socialização começa imediatamente quando aprovados.

Em casos mais complicados, o animal fica na “Sala Yamandu”, um espaço de triagem e avaliação, separado por um portãozinho, para acompanhar o movimento da casa até que esteja confortável para se integrar ao restante do grupo.

"Recebemos cães que ficam muito presos e chegam agitados, outros são agressivos porque têm medo. Com o estímulo certo, até em curto espaço de tempo conseguimos um resultado muito bom. Nenhum cão volta para casa como chegou. Sempre tem um ganho social", diz o zootecnista e especialista em comportamento animal, Diogo César Gomes da Silva.

O processo de adaptação é progressivo e controlado bem de perto, sem riscos para os outros animais. Nem nos dormitórios os hóspedes ficam sozinhos à noite. Há sempre um recreador dormindo nos quartos, de plantão.

Yamandu tem programa fitness.Yamandu tem programa fitness.
E muita brincadeira em grupo.E muita brincadeira em grupo.

Creche - Se a opção for pelo day care, as modificações avançam consideravelmente. Os tutores costumam fechar pacotes de, pelo menos, 8 vezes ao mês, para que o cão passe os dias no lugar e assim quebre a rotina solitária e fechada de casa.

Como o trabalho de socialização passa a ser frequente, é possível modificar até os padrões mais negativos de comportamento, aqueles reforçados durante anos. "Hoje, dois shoppings da cidade já permitem passear com os cães. Então, cada vez mais, eles têm de saber se relacionar com pessoas estranhas e outros animais", lembra o zootecnista.

Academia - Na Yamandu, a transformação pode ser, inclusive, física. Se o caso é obesidade, o Espaço oferece um programa fitness canino, com exercícios em solo e na piscina. Duas horas por dia, de 2 a 5 vezes por semana, os animais fazem caminhadas, brincam em obstáculos e nadam para perder peso e fortalecer a parte cardiorrespiratória. Além das atividades físicas, são avaliados quanto às refeições e parte nutricional.

Para potencializar os resultados, também há acompanhamento de nutricionista que faz o diagnóstico sobre quais erros em casa prejudicam a saúde do cão. "Mesmo quando estão longe daqui, os tutores aplicam as orientações repassadas por nós e assim vão corrigindo os erros até na hora da alimentação", comenta Neila Farias, outra proprietária.

Check-in - Tanto no hotel, quanto no day care e programa fitness, para entrar na Yamandu, os tutores precisam comprovar vacinação completa dos cães, assim como controle de pulgas, carrapatos e uso de vermifugo. Outra exigência é coleira contra leishmaniose, uma vez que nossa região é endêmica para a doença.
Os valores variam de acordo com o número de dias contratados e há desconto se a família tiver mais de um cão.

A Yamandu fica na Rua 13 de Junho, 3070, bairro Monte Castelo. Para contato, o telefone é (67) 3022-3632 / (67) 99870-8787.

Saiba mais sobre a Yamandu Espaço Animal no site www.yamandupet.com.br e nas redes sociais facebook e instagram.

 

Espaço Yamandu fica na Rua 13 de Junho, 3070, bairro Monte Castelo.Espaço Yamandu fica na Rua 13 de Junho, 3070, bairro Monte Castelo.
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.