A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

09/10/2017 16:08

De Campo Grande a Assunção, agora sem conexão

Paulo Souza, do blog Lugares Por Onde Ando

De patinho feio à cisne. Exemplo de superação econômica, é o que se pode falar sobre o Paraguai, que começou a chamar a atenção do mundo a partir de 2013 quando apresentou um crescimento de 14,1% na sua economia, enquanto a do Brasil cresceu menos 2,2% naquele ano.

O otimismo com os números da economia é tanto que o Paraguai acaba de anunciar sua candidatura para ser sede da Copa do Mundo de 2030 junto com Argentina e Uruguai. Enfim, a realidade atual do Paraguai nada tem a ver com a imagem de país pobre com leis trabalhistas e comerciais obsoletas, formada pelos brasileiros durante várias décadas, baseada no vai e vem de sacoleiros e no comércio de produtos falsificados via Foz do Iguaçu, no Paraná, e Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

A transformação vem desde a implantação da chamada Lei de Maguila, em 2000, que isentou de impostos as empresas que queiram importar maquinários e matéria-prima com tributo de 1% sobre a fatura de exportação quando o produto final deixar o país, zero restrição ao investimento estrangeiro, baixo custo de energia elétrica e férias remuneradas de 12 dias para cinco anos trabalhados, 18 dias para até dez anos trabalhados e 30 dias acima de dez anos trabalhados.

Uma construção de 1916 o Estádio Defensores del Chaco é uma das atrações em AssunçãoUma construção de 1916 o Estádio Defensores del Chaco é uma das atrações em Assunção

Pois é este cenário de prosperidade que estará bem mais próximo do alcance dos sul-mato-grossenses com a entrada em operação de voos diretos entre Campo Grande e Assunção pela companhia aérea boliviana Amaszonas, a partir do final de outubro deste ano. Os voos atuais com conexão em São Paulo que chegam a durar entre 5h e até 16 horas, darão lugar a voos em menos de 1h30.

Na sede da Amaszonas, em Assunção, a informação é de que a aeronave Bombardier CRJ200 de 50 lugares está sendo preparada em Cochabamba, na Bolívia. Serão três novos destinos no Brasil: Campo Grande, Curitiba e Porto Alegre.

Atualmente a Amazonas Paraguai tem duas aeronaves com voos sete vezes por semana a partir de Assunção para Montevidéu, seis por semana para Iquique (Chile) três para Salta (Argentina), 12 para Ciudad del Este (Paraguai) e Buenos Aires (Argentina). São rotas que interligam com as rotas da Amaszonas Bolívia para Santa Cruz de la Sierra e também com os voos da Amaszonas Uruguai para Montevidéu. Nas temporadas de férias a empresa voa do Paraguai para Punta del Este e Florianópolis.

Fundada como um forte a 15 de agosto de 1537 por Juan de Salazar de Espinoza, a capital do Paraguai, ficou independente de Espanha em 1811. Com a sua arquitetura colonial preservada, Assunção faz parte do roteiro turístico da América Latina.

Assunção ParaguaiAssunção Paraguai

A CIDADE DE ASSUNÇÃO

A cota de compras para quem entra de carro no Paraguai é de 300 dólares, mas se você chega de avião essa cota salta para 500 dólares por pessoa. No entanto, a cidade de Assunção não é só um paraíso das compras. É também contemplação e cultura. Momentos históricos do país e da América do Sul, como as grandes guerras nas quais o país esteve envolvido, a da Tríplice Aliança – Brasil, Argentina e Uruguai – e a do Chaco, contra a Bolívia, podem ser revividos em museus e centros culturais.

Para conhecer Assunção o melhor a fazer é seguir o mapa das atrações históricas e turísticas que você pode conseguir no Aeroporto Silvio Pettirossi ou na recepção dos hotéis. Se estiver a pé não se preocupe porque os principais pontos turísticos estão na área central da cidade e são todos próximos.

Museu Casa da Independência – Localiza-se no centro de Assunção. A sede do museu é uma casa do século XVIII de grande importância por ter sido palco das conspirações que levaram à independência do país em 1811.

Palácio de los López – É a sede de governo do Paraguai. Construído a partir de 1857 pelo presidente Francisco Solano López, o palácio é um dos marcos históricos mais importantes da capital paraguaia.

Palácio de los López sede do Governo do ParaguaiPalácio de los López sede do Governo do Paraguai

Museu de Barro – O local tem um bom acervo de imagens de santos, máscaras e costumes indígenas, assim como de arte contemporânea paraguaia.

Catedral Metropolitana – Sede da arquidiocese de Assunção, localiza-se em frente à Plaza Independencia, no centro da capital paraguaia.

Igreja de La Encarnación – Um templo de culto sob o título católico mariano de Nossa Senhora da Encarnação, localizado numa das colinas da cidade de Assunção.

Manzana de la Rivera – Localizada em frente ao palácio presidencial, é uma série de antigas residências que foram restauradas e hoje funcionam como um museu da evolução arquitetônica de Assunção. O edifício foi construído em 1750 e serve de galeria de arte e abriga a biblioteca municipal. www.lugaresporondeando.com.br



Lei de Maguila ???? Acho que algo está errado hein produção
 
Janaê Pereira em 09/10/2017 16:42:13
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.