A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Março de 2019

05/03/2019 08:05

Fantasias em grupo unem casal, amigos e até a família inteira no Carnaval

No segundo dia de bloco independente, Capivara Blasé lotou, mas fantasias foram mais simples

Wendy Tonhati
Fantasia de Ursinhos Carinhosos teve seis integrantes (Foto: Henrique Kawaminami)Fantasia de Ursinhos Carinhosos teve seis integrantes (Foto: Henrique Kawaminami)

No segundo dia de bloco independente na Esplanada Ferroviária, o Capivara Blasé lotou de foliões, mas, a criatividade nas fantasias foi menor do que no primeiro dia, no Cardão da Valu. Foram muitas tiaras e plaquinhas, mas fantasias elaboradas não foram tão vistas. Mesmo assim, algumas chamaram a atenção, principalmente quem combinou um tema. Foram famílias, amigos e casais que resolveram se vestir igual para a folia.

A professora Milena Sá, 32 anos, teve uma ideia que uniu família e a “comadre”. A fantasia foi de Ursinhos Carinhosos. “Eu gosto de arco-íris foi assim que surgiu a ideia”, conta. Segundo ela, a ideia inicial, eram dois ursinhos, mas as crianças também quiseram participar e o número de integrantes chegou a seis. Cada integrante levou uma camiseta de cor diferente e uma insígnia, assim como no desenho. “Fomos nos juntando para fazer não foi muito difícil não”.

O casal Daniele Montania, 32 anos, e Erick Melo, 28, combinaram na fantasia com o tema de táxi. A ideia foi de Daniele que planejou a fantasia “de casal”. Ela e comprou a fantasia no comércio de Campo Grande. A ideia é de indireta para o namorado. “É quando fala: amor que horas você me pega?”, explica.

Teve fantasia de casal (Foto: Henrique Kawaminami)Teve fantasia de casal (Foto: Henrique Kawaminami)

Colegas de trabalho, os cabeleireiros Anderson Miasso, 26 anos e Júnior Gasparetto, 22, não inventaram muito, mas nem por isso, deixaram de combinar o look Carnaval. Júnior conta que não é a primeira vez que vai combinando com os amigos.

“Eu já vim combinando em dez pessoas de Minnie”. Anderson diz que tiveram a ideia de combinar a roupa do Carnaval entre três amigos do trabalho. “A gente quis combinar e, na verdade são três, o outro ainda está chegando. Fomos ao shopping e gostamos do shortinho curtinho e também combinamos a meia, cada um é de uma cor”, diz.

Amigos de trabalho escolheram combinar o short para o Carnaval (Foto: Henrique Kawaminami)Amigos de trabalho escolheram combinar o short para o Carnaval (Foto: Henrique Kawaminami)

As amigas Eduarda Oliveira e Gabriele Fernanda, ambas de 19 anos, improvisaram a fantasia, mas, nem por isso deixaram de ir combinando, só com a toalha enrolada no corpo e com touca na cabeça. “A gente estava sem nada para vir aí saí do banho assim e pensei vamos assim. Só compramos a touca”, diz Eduarda.

As meninas estavam com shortinho por baixo e mesmo assim, escreveram no corpo “não é não” para evitar assédio. “Escrevemos para evitar alguma coisa. Tem gente que elogia, mas tem gente que acha ruim”, conta Eduarda.

Amigas saíram do banho direto para o Carnaval (Foto: Henrique Kawaminami)Amigas saíram do banho direto para o Carnaval (Foto: Henrique Kawaminami)

O quarteto de amigos, Luiz, 29 anos, Kiko, 29, Jason, 26, e Jhonny, 28, também chamado pelos amigos de “Jhoniffer”, em referência à música “O nome dela é Jenifer” foram fantasiados de mulher, com top e peruca colorida. “Somos amigos de infância e resolvemos vir fantasiados de mulher. Apensar de ter um de peruca laranja, estão nos chamando de Meninas Super Poderosa, porque tem um rosa, azul e verde”. Sobre a ideia, ele diz que surgiu do nada. 

Amigos miraram no fantasia de mulher, mas viraram As Meninas Super Poderosas (Foto: Henrique Kawaminami)Amigos miraram no "fantasia de mulher", mas viraram As Meninas Super Poderosas (Foto: Henrique Kawaminami)

Henrique Martins Lemos, 39 anos e o filho, Jefferson, 10 anos, combinaram a fantasia, mas foi no esquema reaproveitamento do dia anterior. “É que ontem, eu vim de frei franciscano e foi reaproveitamento. O amigo veio de furão mesmo. Ele ficou sabendo que eu viria e aproveitou a onda. A gente todo ano fantasiado. Até escurecer, é a hora das crianças, depois, a gente pega as crianças e vai embora”, diz o pai.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram

Pai, filho e amigo coordenaram a fantasia (Foto: Thaila Torres)Pai, filho e amigo coordenaram a fantasia (Foto: Thaila Torres)
Muita gente não elaborou fantasia, mas colocou tiara para compor o visual (Foto: Henrique Kawaminami)Muita gente não elaborou fantasia, mas colocou tiara para compor o visual (Foto: Henrique Kawaminami)
Até um gatinho participou do Carnaval (Foto: Henrique Kawaminami)Até um gatinho participou do Carnaval (Foto: Henrique Kawaminami)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.