ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 30º

Diversão

Louco por Michael Jackson, vereador sugere dia do passinho de flashback

Projeto de lei tem como objetivo criar data no calendário municipal para valorizar quem curte um flashback

Bárbara Cavalcanti | 31/08/2021 13:50
Evento teve grupos de passinho e flashback na Praça do Rádio. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Evento teve grupos de passinho e flashback na Praça do Rádio. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

No fim de semana, a Praça do Rádio virou pista de discoteca para garis e grupos de passinho. Um dos entusiastas é o vereador Ademir Santana (PSDB), que além de comparecer no evento, deu um passo além: protocolou na Câmara dos Vereadores, nesta terça-feira, o projeto de lei que institui o Dia Municipal do Flashback, Passinho, DJ’s, Promoters e Clubes da Época no dia 29 de agosto, dia do aniversário de Michael Jackson.

Sem revelar a idade, o vereador conta que foi da época em que o DJ, ainda era discotecário. Fã de Michael Jackson, escolheu a data para aproveitar a temática e incluir o Rei do Pop, um dos ícones de quem ama música antiga.

Relata que trabalhou com uma empresa de som, já dançou em vários eventos de flashback na cidade e que sempre presta apoio para grupos dos bairros. O objetivo do projeto de lei é justamente trazer mais valorização a esses grupos com a inclusão no calendário municipal.

Pessoas dançando passinho do flashmob durante evento na Praça do Rádio. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Pessoas dançando passinho do flashmob durante evento na Praça do Rádio. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

“O flashback faz parte da nossa cultura. Vejo a juventude também gostar dessas músicas. É uma maneira de valorizar o estilo, homenagear esses DJs e clubes antigos e ainda disseminar para todas as classes sociais”, comenta.

Um dos organizadores do evento, no fim de semana, foi o jornalista Ademar Cardoso, de 59 anos, que avalia o projeto como um passo importante para o reconhecimento do flashback como movimento social.

“Nós estávamos com uma carta pronta para o prefeito, todos os grupos assinaram, pedindo que houvesse esse reconhecimento e que seja contemplado esse segmento com investimentos da política pública para a cultura da Sectur. Movimento já atingiu um de seus primeiros objetivos, que é ser visto pelo poder público”, expressa.

Confira a matéria completa sobre o evento ocorrido no fim de semana.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias